Notícias | Outros
Projeto Maria Esther Bueno chega a Mangaratiba
28/10/2021 às 15h40

Mangaratiba (RJ) – O Projeto Massificação Maria Esther Bueno, do Rede Tênis Brasil, está chegando em Mangaratiba (localizada a 85 km do Rio de Janeiro). O projeto, que tem o patrocínio da Vale, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, será realizado em cinco escolas municipais e atenderá cerca de 300 crianças entre 6 a 12 anos.

O lançamento oficial do projeto aconteceu nesta quarta-feira, na escola do Vale do Rio Sahy. Além dessa, as escolas Oliveira Beto, Antonio Cordeiro Portugal, Batatal e Maria Rosa Magalhães também foram contempladas.

“Acreditamos que o esporte estimula as capacidades cognitiva e de convivência social e, muitas vezes, se torna uma ferramenta educacional para crianças se transformarem em cidadãos críticos, participativos e transformadores de suas realidades. Ser parceira de um projeto como o Projeto Massificação Maria Esther Bueno, do Rede Tênis Brasil, é exemplo disso e confirma que os benefícios da prática esportiva para crianças vão muito além da atividade física. Dessa forma, buscamos contribuir para o desenvolvimento social dos territórios em que a Vale está presente”, diz Pâmella De-Cnop, diretora-executiva da Fundação Vale.

“O esporte forma e transforma. É uma ferramenta poderosa de construção de valores e mudança de vida. À medida que proporcionamos o acesso ao tênis para crianças que dificilmente teriam esta experiência, através do projeto podemos realmente falar em processo de inclusão, de novas possibilidades, de oportunidades reais de formação pessoal através da prática esportiva”, destaca Marcelo Motta, diretor técnico do projeto Massificação Maria Esther Bueno.

O Projeto Massificação Maria Esther Bueno tem como objetivo apresentar o tênis para alunos de escolas públicas, formando atletas e cidadãos através do esporte, aumentar a quantidade de praticantes e proporcionar continuidade na prática da modalidade.

Além de Mangaratiba, outras 19 cidades das cinco regiões brasileiras já fazem parte do projeto: Araras, Barueri, Fernandópolis, Jaguariúna, Piracicaba, Santana de Parnaíba, São João da Boa Vista e a capital, no estado de São Paulo; Vila Velha, Serra, Guarapari, Cachoeiro do Itapemirim e Anchieta, no Espírito Santo; Nova Lima, em Minas Gerais; Porto Alegre, no Rio Grande do Sul; Brasília, no Distrito Federal; Itumbiara, em Goiás; Belém, no Pará; e Recife, em Pernambuco.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG