Notícias | Dia a dia
Governo austríaco pede a Thiem que se vacine
28/10/2021 às 09h28

Viena (Áustria) - Depois de ter sua entrada barrada no ATP 500 de Viena, não podendo entrar no complexo por ainda não ter sido vacinado, o austríaco Dominic Thiem agora virou alvo do governo de seu país. O ministro da saúde Wolfgang Muckstein pediu ao tenista que ele se vacine e assim possa dar o exemplo para os mais jovens.

“Só posso pedir a Dominic Thiem que se vacine”, disse o ministro da saúde em entrevista à emissora Puls4, na qual lembrou que os atletas também sofrem os efeitos prolongados da Covid e que atualmente há muitos jovens nas unidades de terapia intensiva.

Thiem tem manifestado a intenção de aguardar a disponibilização de um novo tipo de vacina e por isso ainda não foi imunizado. Ele aguarda a aprovação do uso do Novavax, vacina ainda em desenvolvimento e que utiliza uma tecnologia diferente das de RNA mensageiro ou de vetor viral atualmente utilizadas na União Europeia.

+ Governo critica postura de Tsitsipas sobre vacinas
+ Melbourne fecha a porta para tenistas não vacinados

“Ainda não fui vacinado. Na verdade, quero aguardar a vacina do Novavax porque meu médico me disse que é para ser muito boa”, argumentou o austríaco, que está aberto para qualquer outro medicamento caso a vacina esperada por ele não esteja pronta a tempo de cumprir a obrigação de estar totalmente imunizado para participar do Australian Open.

Em resposta ao tenista, o ministro da saúde austríaco garantiu que o Novavax não estará disponível até 2022 e que, além disso que não há indícios de que tenha qualquer vantagem sobre as vacinas atuais.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG