Notícias | Dia a dia
Becker: 'Djokovic parece emocionalmente abatido'
27/10/2021 às 14h13

Stuttgart (Alemanha) - Afastado do circuito desde a derrota na final do US Open, o sérvio Novak Djokovic voltará a competir apenas no Masters 1000 de Paris. Para o alemão Boris Becker, que foi técnico do número 1 do mundo durante três temporadas, ele ficou sem competir por questões emocionais, culpando a imprensa por uma pressão excessiva.

“Eu sou o primeiro a entender quando você tem estresse com a imprensa. Eu tenho isso até hoje”, disse o alemão em entrevista a um podcast do Eurosport, alegando que geralmente a mídia é excessivamente hostil em relação a Djokovic, que está chateado por ser frequentemente questionado sobre sua situação de vacinação.

“Djokovic atualmente parece emocionalmente muito abatido. Espero que volte a jogar em breve porque acho que tudo ficará mais claro quando ele voltar aos negócios e jogar tênis e torneios novamente", acrescentou o germânico.

Além da pressão imposta pela mídia, Becker também destacou o baque que foi a derrota na final do US Open, quando Djokovic deixou escapar a chance de vencer os quatro Slam em uma mesma temporada e também de se isolar como recordista de títulos. "Novak sempre percebeu a grande chance que não aproveitou na final do Aberto dos Estados Unidos. Foi um grande problema emocional para ele”.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG