Notícias | Dia a dia
Orlando sofre virada do top 100 Cerundolo em Lima
26/10/2021 às 19h15

Orlando Luz segue em Lima para a disputa do torneio de duplas

Foto: Arquivo

Lima (Peru) - Apesar de ter feito um bom início de partida nesta terça-feira, Orlando Luz não conseguiu superar a rodada de estreia do challenger de Lima. O gaúcho de 23 anos e 287º do ranking foi eliminado pelo argentino Juan Manuel Cerundolo, recém-chegado ao top 100 e número 94 do mundo, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4 em 1h59 de disputa.

Com 39 vitórias na temporada, considerando todos os níveis de competição no circuito, Orlando Luz venceu nove jogos por chaves principais de challenger em 2021 e sua melhor campanha neste nível foi uma final em San Marino, onde ele saiu do quali e venceu seis jogos seguidos até ser superado apenas pelo dinamarquês Holger Rune na decisão.

Algoz do brasileiro em Lima, Cerundolo está com o melhor ranking da carreira. O jovem argentino de 19 anos conquistou este ano seu primeiro título de ATP em Córdoba e disputou quatro finais de challenger, com três títulos e um vice. Nesse nível de competição, anotou sua 33ª vitória na temporada, além de ter vencido outras seis partidas pela elite do circuito. Com a desistência de Thiago Monteiro em Lima, Cerundolo passou a ser o principal favorito na capital peruana.

Orlandinho permanecerá em Lima para a disputa do torneio de duplas. Ele e o venezuelano Luis David Martinez são os principais cabeças de chave e estreiam contra os argentinos Hernan Casanova e Andrea Collarini. Do mesmo lado da chave está Fernando Romboli, cabeça 3 ao lado do boliviano Federico Zeballos. Eles estreiam contra o suíço Luca Castelnuovo e o canadense Alexis Galarneau.

O começo do jogo foi bom para Orlando Luz, que conseguiu uma quebra logo de cara e abriu 2/0 no placar. Ele ainda teria mais dois break-points que poderiam aumentar sua vantagem, mas não os aproveitou e cedeu o empate no quarto game. Ainda assim, exerceu pressão constante sobre o saque do adversário e criou sete break-points na primeira parcial, conseguindo três novas quebras.

Cerundolo sacou melhor no segundo set e não correu riscos. Ele cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço durante a parcial e conseguiu duas novas quebras. O argentino também abriu vantagem no terceiro set, confirmando seus saques com rapidez fazendo com Orlandinho encarasse games longos no serviço, chegando a liderar por 5/1. Com muito vento em quadra no fim do jogo, o brasileiro até devolveu uma das quebras, mas não evitou a derrota.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG