Notícias | Dia a dia
Murray destaca mobilidade e já pensa em Alcaraz
26/10/2021 às 14h30

Viena (Áustria) - Mais uma vez o britânico Andy Murray não teve uma estreia fácil, mas conseguiu derrubar o polonês Hubert Hurkacz na primeira rodada do ATP 500 de Viena. Após encerrar sua série de cinco derrotas contra top 10, o ex-número 1 do mundo destacou a movimentação em quadra e já pensa na próxima partida, quando terá pela frente o jovem espanhol Carlos Alcaraz.

“Foi um grande jogo que deveria ter terminado mais cedo. Desde que recuperei o serviço no início do último set, merecia a vitória porque estive muito bem na defesa. É um grande triunfo em circunstâncias difíceis, tenho sentimentos muito bons por vencer um jogador dele nível”, comemorou o escocês, que perdeu match-point no segundo set e só fechou o jogo no terceiro.

Murray explicou que seu bom nível defensivo se deu muito em função da movimentação que vai melhorando a cada semana. “Minha mobilidade melhora a cada partida. Grande parte do segredo do meu jogo ao longo da carreira tem sido a capacidade que tenho de ler os golpes dos meus adversários e antecipá-los”, comentou o britânico.

“É muito difícil manter isso quando não se consegue jogar muito, mas tenho lido bem as situações e assim posso reagir mais cedo e mais rapidamente. Isso me permite gastar menos energia em movimento e é fundamental parte do tênis que preciso para ter sucesso”, acrescentou Murray, que espera um jogo bastante duro com Alcaraz na próxima rodada.

“Seu potencial é enorme, acerta a bola de uma forma incrível lá do fundo da quadra, é consistente e movimenta-se bem. Sei que vou precisar do meu melhor nível se quiser vencer, pois Carlos já é um excelente tenista”, avaliou Murray, que bateu o espanhol de 18 anos semanas atrás no Masters 1000 de Indian Wells.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG