Notícias | Dia a dia
Com virada incrível, Kontaveit vence 3º título no ano
24/10/2021 às 08h42

Kontaveit passa a ser uma concorrente direta por uma vaga no WTA Finals

Foto: VTB Kremlin Cup

Moscou (Rússia) - A temporada consistente de Anett Kontaveit, especialmente neste segundo semestre, faz com que a estoniana tenha cada vez mais confiança nos momentos decisivos e amplie seu cartel de conquistas. Neste domingo, a estoniana conseguiu uma incrível virada diante de Ekaterina Alexandrova para vencer o WTA 500 de Moscou. Depois de ter perdido o primeiro set e visto a rival liderar a segunda parcial por 4/0, Kontaveit reagiu na partida e conseguiu vencer por 4/6, 6/4 e 7/5 em 2h22. Além da grande vantagem de Alexandrova no segundo set, a russa também chegou a sacar para o jogo no terceiro.

Este é o quarto título de WTA na carreira de Kontaveit e o terceiro na temporada. A estoniana de 25 anos e número 20 do mundo já havia conquistado os torneios de Cleveland e Ostrava em 2021 e alcançou sua quinta final do ano. Ela venceu 21 dos últimos 23 jogos que disputou no circuito. Por sua vez, Alexandrova segue com apenas um título conquistado no início do ano passado, em Shenzhen. A russa de 26 anos e 37ª do ranking tem ainda outro vice-campeonato, nas quadras duras e cobertas de Linz em 2018.

No ranking, Kontaveit deve igualar a melhor marca da carreira, o 14º lugar, alcançado pela primeira vez em abril de 2019. Além disso, ela passa a ser uma concorrente direta por uma vaga no WTA Finals. Os 470 pontos do título fazem com que ela fique na décima posição na corrida para Guadalajara. Mas como a número 1 do mundo Ashleigh Barty não vai disputar o torneio entre as oito melhores do mundo, a estoniana entra em uma disputa direta com Ons Jabeur e Paula Badosa. Cinco jogadoras já estão classificadas, enquanto Garbiñe Muguruza e Iga Swiatek estão muito perto das vagas.

Alexandrova venceu o 1º set e liderou o segundo por 4/0
Alexandrova fez um excelente primeiro set, em que não enfrentou break-points e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço, sendo só quatro quando colocou o primeiro saque em quadra. Nas devoluções, conseguiu pressionar em dois games distintos, criando sete chances de quebra até aproveitar uma delas. A parcial teve estatísticas equilibradas, com 13 a 12 em winners para a russa e 14 a 12 em erros para a estoniana.

O domínio de Alexandrova continuou no segundo set e ela rapidamente conseguiu duas quebras de vantagem. Com a batida plana na bola e atacando as paralelas, a russa abriu 4/0 no placar. Mas já no quarto game da parcial, em que conseguiu confirmar o serviço, ela começou a correr riscos em seu saque, escapando de dois break-points.

Kontaveit passou a ser mais eficiente nas devoluções de saque e ganhou confiança para fazer seu jogo de fundo muito firme dos dois lados e iniciou uma incrível reação, chegando a vencer seis games seguidos. Durante a parcial, Alexandrova fez 14 a 10 em winners, mas cometeu 13 erros contra 9. Além disso, a russa só conseguiu vencer seis dos 18 pontos jogados com o segundo serviço, permitindo a rival criar nove break-points e conseguir suas três quebras.

Estoniana ficou a um game da derrota no terceiro set
O terceiro set começou com domínio das sacadoras e assim seguiu até o empate por 4/4. Kontaveit, então, colocou poucos primeiros serviços em quadra no nono game, sofreu com as devoluções de forehand de sua adversária, e ainda fez uma dupla falta no 15-30. Alexandrova conseguiu a quebra e teve a chance de sacar para o jogo.

Mas a jogadora da casa não aproveitou a chance de fechar a partida em seu serviço. Foi a deixa para que Kontaveit se recuperasse mais uma vez no jogo e conquistasse a virada. Ela fez menos winners que a rival, 34 contra 35, mas cometeu 36 erros não-forçados, contra 43 da russa.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG