Notícias | Dia a dia
Karatsev decide em casa e desafia o bicampeão Cilic
23/10/2021 às 15h27

Karatsev pode ser o terceiro russo seguido a vencer o ATP de Moscou

Foto: VTB Kremlin Cup

Moscou (Rússia) - Mais uma vez a torcida russa terá a oportunidade de apoiar um jogador da casa na final do ATP 250 de Moscou. Depois das conquistas de Karen Khachanov em 2018 e de Andrey Rublev em 2019, será a vez de Aslan Karatsev decidir o título do torneio em quadras duras e cobertas. Karatsev, de 28 anos e 22º do ranking, venceu um duelo russo contra Khachanov neste sábado por 7/6 (9-7) e 6/1 em 1h40 de partida.

Esta será a terceira final de ATP para Karatsev, que este ano já foi campeão em Dubai e vice em Belgrado. O russo está com o melhor ranking da carreira e vive sua melhor temporada, tendo iniciado o ano apenas no 112º lugar do ranking. Outro resultado de muito destaque foi a campanha desde o quali até a semifinal do Australian Open.

"Significa muito para mim chegar à final. Já estive neste torneio muitas vezes, por isso esta final que vou jogar amanhã será especial para mim", afirmou Karatsev, que chegou a salvar quatro set-points na primeira parcial. "Tentei não pensar no placar durante o tiebreak e apenas jogar ponto por ponto. No 5/6, fiz uma grande devolução, ele ficou nervoso e foi assim que consegui vencer".

Cilic busca o 20º título da carreira e o tri em Moscou
O adversário de Karatsev na final será o croata Marin Cilic, bicampeão do torneio nos anos de 2014 e 2015. A decisão acontece às 10h (de Brasília) deste domingo. O ex-número 3 do mundo e atual 41º do ranking superou o lituano Ricardas Berankis por 6/3 e 6/4 em 1h33 de partida. Vencedor de 19 títulos de ATP, com destaque para o US Open de 2014, o experiente croata de 33 anos disputará sua 34ª final da carreira. Na atual temporada, já foi campeão na grama de Stuttgart.

"Foi uma partida difícil, Ricardas jogou bem", disse Cilic em sua entrevista na quadra. "Meu primeiro set foi ótimo, eu saquei muito bem, mas então ele começou a encontrar seu ritmo e jogou muito melhor no segundo. Mentalmente foi difícil, mas consegui jogar meu melhor tênis na hora certa", explica o croata. Ele venceu o único duelo anterior contra Karatsev, disputado este ano, em Cincinnati.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG