Notícias | Dia a dia
Pigossi e Carol caem para favoritas nas semifinais
23/10/2021 às 13h33

Carol Meligeni disputou sua terceira semifinal seguida e está com melhor ranking da carreira

Foto: Luiz Candido/Divulgação

Rio do Sul (SC) - As duas brasileiras que alcançaram as semifinais do ITF W25 de Rio do Sul se despediram da competição neste sábado. As paulistas Laura Pigossi e Carolina Meligeni Alves foram superadas pelas principais favoritas do torneio disputado nas quadras de saibro no Esporte Clube Concórdia. Com isso, ambas vão receber 25 pontos no ranking.

Pigossi foi a primeira a entrar em quadra. A paulista de 27 anos e 287ª do ranking foi superada pela chilena Daniela Seguel, cabeça 2 do evento, e 234ª colocada, por 6/2 e 6/1 em 1h15 de partida. A medalhista olímpica de bronze teve dificuldades com o saque, enfrentando dez break-points e sofrendo sete quebras. Ela também não conseguiu ser firme do fundo de quadra e cometeu muitos erros, diante de uma rival que comandava os pontos com o forehand e usava boas variações.

Carol chegou a ter um set-point contra Udvardy
Na sequência foi a vez de Carol Meligeni desafiar a húngara Panna Udvardy, principal favorita ao título e 138ª do ranking, que marcou as parciais de 6/3 e 7/6 (7-1) em 2h09 de jogo. Foi o segundo encontro seguido entre elas no circuito, sendo que Carol havia vencido uma partida de três sets na semana passada, em Lima.

A paulista de 25 anos chegou a ter um set-point quando vencia a segunda parcial por 5/4 e aproveitou bem as condições mais lentas e pesadas da quadra para prolongar alguns ralis, usar o spin mais alto e levar a rival a errar mais a partir do segundo set, mas Udvardy deu continuidade à ótima semana que faz no torneio, com apenas um set perdido.

Carol está atualmente com o melhor ranking da carreira, no 313º lugar, e certamente irá superar essa marca nas próximas semanas. Ela disputou sua terceira semifinal seguida no circuito e ainda não recebeu os 25 pontos da campanha feita em Lima na última semana. E depois, ainda vai ganhar outros 25 pela boa campanha em Rio do Sul. A tendência é que ela entre no top 300 já na próxima segunda-feira e se aproxime do 280º lugar a partir de novembro.

Entre as finalistas, Seguel está com 28 anos e já tem 16 títulos no circuito da ITF, enquanto Udvardy tem 23 anos e já venceu sete torneios no circuito, sendo três deles este ano. O título em Rio do Sul vale 65 pontos no ranking e a vice-campeã receberá 40 pontos.

Rebeca Pereira fica com o vice nas duplas
Representante brasileira na final de duplas em Rio do Sul, a paulista Rebeca Pereira ficou com o vice-campeonato. Rebeca e a chilena Barbara Gatica eram as cabeças de chave número 2 e perderam a decisão para a alemã Katharina Gerlach e a chilena Daniela Seguel por 7/6 (10-8) e 6/3 em 1h52 de partida.

Aos 28 anos, Rebeca Pereira está com o melhor ranking da carreira nas duplas, ocupando o 232º lugar. Na atual temporada, ela e Gatica já conquistaram um ITF W60 em Grodzisk Mazowiecki, na Polônia, e disputaram outras três finais. Além disso, chegaram a jogar o WTA 250 de Chicago. Todos os oito títulos de duplas na carreira profissional de Rebeca Pereira foram conquistados ao lado de Gatica, entre 2018 e 2021.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG