Notícias | Dia a dia
Meligeni sofre virada e cai nas oitavas em Buenos Aires
20/10/2021 às 17h48

Meligeni chegou a ter dois match-points na partida desta quarta-feira

Foto: Legión Sudamericana

Buenos Aires (Argentina) - Um dia depois de estrear com vitória no challenger de Buenos Aires, Felipe Meligeni se despediu do torneio nas oitavas de final. O número 3 do Brasil e 187º do mundo foi superado pelo boliviano Hugo Dellien, cabeça 3 da semana e 128º do ranking, que marcou as parciais de 3/6, 7/5 e 7/6 (8-6) em 2h47 de partida na capital argentina. Meligeni chegou a ter dois match-points quando vencia o terceiro set por 5/4.

Meligeni vinha de uma boa campanha em Santiago, onde disputou sua segunda final de challenger na carreira e a primeira no ano. Por isso, também está com sua melhor posição no ranking. Por ter vencido a partida de estreia na Argentina, o paulista de 23 anos faz sete pontos na ATP, tendo apenas três a descartar. Ele tem 29 vitórias na temporada, considerando todos os níveis de competição e iniciou a temporada no 231º lugar.

A partida desta quarta-feira foi a terceira entre Meligeni e Dellien e o boliviano venceu todas. Eles já haviam se enfrentado outras duas vezes este ano, nas quadras de saibro de Concepcion e San Marino. O paulista continuará na Argentina para a disputa da chave de duplas. Ele é cabeça 1 ao lado do gaúcho Rafael Matos. Os brasileiros estreiam contra o argentino Francisco Cerundolo e o uruguaio Martin Cuevas, em busca de uma vaga nas quartas de final do torneio.

"Eu precisava seguir lutando e fazer o que eu podia para ter uma oportunidade de virar o jogo ou então perder por um placar mais apertado. Graças a Deus, eu tive essa oportunidade e creio que ele baixou um pouquinho fisicamente. Eu percebi isso e foi o que me fez acreditar que eu poderia vencer o segundo set e também o terceiro", disse Dellien, que chegou a estar perdendo o segundo set por 4/1.

"Creio que joguei toda a partida da mesma maneira. Mas a partir do segundo set, eu comecei a cometer menos erros, mas jogando do mesmo jeito, tentando mexer bastante a bola", acrescentou o boliviano, que espera o vencedor do duelo argentino entre Andrea Collarini e Juan Manuel Cerundolo. "Mas ele estava batendo muito forte, vinha com muita confiança. Então, eu não podia fazer o meu jogo. E depois do 4/1, ele cansou um pouquinho, me deu uma chance e eu comecei a jogar da maneira que deveria der feito desde o começo. Foi uma partida duríssima".

Meligeni teve dois match-points no último set
O início da partida foi melhor para Meligeni, que colocou muita pressão sobre o saque de Dellien, que foi quebrado em seus três primeiros games de serviço. O brasileiro chegou a abrir 5/1 no placar, foi quebrado quando sacava para o set, mas recuperou a vantagem no game seguinte. O domínio de Meligeni continuou no segundo set, em que ele venceu 12 dos primeiros 15 pontos disputados para abrir 3/0. Ele chegou a liderar por 4/1, mas permitiu o empate no oitavo game e voltaria a sofrer uma quebra no 5/5.

O terceiro set teve uma quebra para cada lado. Dellien fez 2/1, mas cedeu o empate na sequência. O brasileiro reverteu um 15-40 no saque para retomar a liderança no placar e fazer 3/2. Já quando vencia por 5/4, Meligeni teve dois match-points no saque do adversário, mas não os aproveitou. Os sacadores prevaleceram até o fim do jogo e a definição ficou para um equilibrado tiebreak, em que o boliviano definiu a disputa em três sets.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG