Notícias | Dia a dia
Mesmo sem jogar, Nadal sobe e volta ao top 5
18/10/2021 às 09h32

Miami (EUA) - Se a semana começou com a saída do suíço Roger Federer do top 10, para o espanhol Rafael Nadal as notícias foram bem melhores. Mesmo sem jogar, o canhoto de Mallorca conseguiu ganhar terreno no ranking e subiu uma colocação, voltando ao top 5 graças à queda do russo Andrey Rublev.

Os dois perderam pontuação da última lista para essa, mas Nadal teve descontados 180 pontos enquanto Rublev viu 570 pontos sumirem da sua conta. Essa diferença foi suficiente para fazer o espanhol retomar um lugar entre os cinco melhores do mundo. Contudo, o russo de 23 anos tem possibilidade de voltar ao top 5 dependendo do resultado nesta semana em Moscou.

Com a queda de duas colocações de Federer, o norueguês Casper Ruud subiu para 9º e atingiu sua melhor marca, assim como fez o polonês Hubert Hurkacz, que estreou no top 10 ocupando a 10º colocação, deixando não apenas o suíço para trás, mas também o canadense Felix Auger-Aliassime, que caiu de 10º para 11º.

A boa ascensão do britânico Cameron Norrie não foi a maior do top 100, com o destaque ficando para o holandês Tallon Griekspoor, que disparou 29 lugares com o título no challenger de Napoli e agora é o 89º do mundo, melhor colocação da carreira. Vice-campeão em Indian Wells, o georgiano Nikoloz Basilashvili melhorou nove lugares e agora é o 27º do mundo.

Na contramão, os canadenses foram os que mais caíram no top 100. Vasek Pospisil foi o que teve o pior desempenho, perdeu 18 lugares e foi ao 86º posto, já Milos Raonic desceu 14 colocações e agora é o 46º do mundo. Outro que caiu 14 postos foi o croata Borna Coric, que foi para o 66º lugar.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG