Notícias | Dia a dia
Badosa marca 40ª vitória no ano e disputa o título
16/10/2021 às 02h07

Badosa desafia Azarenka no próximo domingo em busca do maior título da carreira

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - A ótima temporada de Paula Badosa no circuito foi recompensada com duas marcas expressivas nesta sexta-feira. A espanhola de 23 anos e 27ª do ranking comemorou a 40ª vitória do ano e a vaga na final do WTA 1000 de Indian Wells. Badosa superou na semifinal a tunisiana Ons Jabeur, número 14 do mundo e que será top 10 a partir de segunda-feira, por duplo 6/3 em 1h21 de partida.

Badosa disputará apenas sua segunda final em torneios da WTA. Ela conquistou o primeiro título da carreira este ano, no saibro de Belgrado, mas também foi semifinalista em Lyon, Charleston e Madri. Sua adversária no próximo domingo será Victoria Azarenka, ex-número 1 do mundo e atual 32ª do ranking aos 32 anos. O confronto entre elas é inédito no circuito e Azarenka tenta o tri em Indian Wells, já que venceu em 2012 e 2016.

Ao longo das duas semanas de torneio em Indian Wells, Badosa derrotou quatro tenistas do top 20, passando por outras jogadoras importantes como as campeãs de Grand Slam Angelique Kerber e Barbora Krejcikova e as jovens promissoras Coco Gauff e Dayana Yastremska. Já a semifinalista Ons Jabeur é a recordista de vitórias na temporada da WTA, tendo vencido 48 jogos só em 2021. A tunisiana sairá do torneio como a primeira tenista árabe da história a figurar entre as dez melhores do mundo.

A campanha até a final de Indian Wells faz com que Badosa entre no top 20 pela primeira vez na carreira. Ela está subindo para o 16º lugar do ranking, podendo alcançar a 13ª posição em caso de título. A jovem jogadora espanhola também tenta se aproximar da zona classificação para o WTA Finals, que será disputado entre os dias 10 e 17 de novembro em Guadalajara, no México.

A segunda semifinal de Indian Wells começou equilibrada. Até o empate por 2/2, ambas as jogadoras já haviam sofrido uma quebra cada uma e confirmado difíceis games de saque depois de 0-40. A espanhola abriu 2/0 e a tunisiana buscou o empate. Apesar de a parcial ter games longos e oportunidades para os dois lados, a situação de Badosa foi facilitada pela instabilidade de Jabeur.

A tunisiana, que gosta de variar alturas e efeitos de bola, vinha cometendo mais erros que o normal. Além disso, alguns de seus golpes vinham curtos e sem peso, permitindo o ataque da espanhola, que conseguiu duas novas quebras. Jabeur fez 10 a 6 em winners no primeiro set, mas cometeu 19 erros contra 11.

Badosa abriu o segundo set confirmando seus games de serviço com bastante rapidez. A espanhola foi a primeira a quebrar na parcial e chegou a liderar o placar por 5/2. Mesmo jogando abaixo do que poderia, Jabeur vendeu caro a derrota. A tunisiana salvou três match-points no saque e passou a pressão para o outro lado. Sacando para o jogo, Badosa reverteu um 0-40, mas a vitória só seria confirmada em seu sexto match-point. Jabeur fez 24 a 15 em winners e cometeu 35 erros contra 22 da espanhola.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG