Notícias | Dia a dia
Melo e Dodig se despedem na semi de Indian Wells
16/10/2021 às 01h34

Melo e Dodig venceram três jogos durante a semana em Indian Wells

Foto: Arquivo

Indian Wells (EUA) - Depois de três vitórias ao longo da semana, Marcelo Melo encerrou sua participação no Masters 1000 de Indian Wells com derrota na semifinal de duplas. O torneio marcou a retomada de sua parceria com o croata Ivan Dodig. Os algozes nesta sexta-feira foram o australiano John Peers e o eslovaco Filip Polasek, que marcaram 6/4 e 7/6 (7-1) em 1h35 de partida.

Jogando juntos, Melo e Dodig igualam a melhor campanha da parceria em Indian Wells, que havia sido uma semifinal em 2015. Entretanto, o mineiro de 38 anos tem dois vice-campeonatos no torneio ao lado do polonês Lukasz Kubot, nos anos de 2017 e 2019. Além disso, Melo também teve seu melhor resultado em um Masters 1000 desde novembro do ano passado em Paris.

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Peers e Polasek ainda no início. Melo e Kubot tiveram o serviço bastante ameaçado, enfrentando seis oportunidades de quebra, e até salvaram três set-points, mas não evitaram a perda da parcial.

O eslovaco e o australiano também começaram à frente no segundo set e abriram 4/2, Melo e Kubot devolveram a quebra no oitavo game e viraram para 5/4, mas o mineiro teve o serviço quebrado pouco depois. Sacando para o jogo, Polasek não conseguiu fechar e fez uma dupla falta no break-point. Mas ele e Peers foram superiores no tiebreak e abriram vantagem confortável para vencer o jogo.

Peers e Polasek buscam 1º título juntos e encaram russos na final

Finalistas de Indian Wells, Peers e Polasek ainda não têm títulos juntos. O australiano de 33 anos já venceu três Masters 1000, o último no Canadá em 2018. Já o eslovaco de 36 anos só venceu o Masters 1000 de Cincinnati de 2019.

Os adversários da final serão os russos Aslan Karatsev e Andrey Rublev, que venceram o alemão Tim Puetz e o neozelandês Michael Venus por 6/3, 4/6 e 10-5. Os russos já conquistaram um título de ATP este ano em Doha, e Rublev tem ainda uma conquista em duplas ao lado de Dmitry Tursunov em Moscou no ano de 2015. Ele já disputou duas finais de Masters 1000 ao lado de Karen Khachanov, mas ainda não tem títulos deste porte. Karatsev disputará sua segunda final.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG