Notícias | Dia a dia
Badosa despacha Kerber e joga a 5ª semi do ano
14/10/2021 às 23h46

Badosa tem o melhor resultado de uma espanhola no torneio desde 2003

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - O bom momento de Paula Badosa no circuito rendeu a vaga na quinta semifinal da temporada. A espanhola de 23 anos e 27ª do ranking avançou no WTA 1000 de Indian Wells depois de superar nesta quinta-feira a alemã Angelique Kerber, número 15 do mundo, por 6/4 e 7/5 em apenas 1h26 de partida. Ela tem o melhor resultado de uma espanhola no torneio desde a semifinal de Conchita Martinez em 2003.

Esta foi a 39ª vitória de Badosa na temporada. Este ano, ela conquistou seu primeiro título de WTA no saibro de Belgrado e também foi semifinalista em Lyon, Charleston e Madri. Além disso, a espanhola também chegou às quartas de final em outros eventos importantes, como Roland Garros, Cincinnati e Jogos Olímpicos de Tóquio. Em Indian Wells, já passou por nomes como Coco Gauff, Barbora Krejcikova e Dayana Yastremska.

Em busca de uma vaga na segunda final da carreira, Badosa desafia a tunisiana Ons Jabeur, número 14 do mundo e que será top 10 depois de Indian Wells. A espanhola venceu o primeiro confronto entre elas, disputado no US Open de 2015. Já na atual temporada, elas voltaram a se enfrentar em Miami e Jabeur levou a melhor em três sets.

Badosa conseguiu uma quebra de serviço logo de cara e abriu 2/0 no placar, mas Kerber logo se recuperou. Desde o começo do jogo, a alemã vinha muito bem nas devoluções de saque e assumindo cedo controle dos pontos para devolver a quebra.

Com duas jogadoras muito sólidas do fundo de quadra, a partida teve frequentes ralis longos, mas espanhola era a mais agressiva. Badosa escapou de um break-point quando o placar estava empatado por 4/4 e passou a pressão para o outro lado. Já Kerber tentou encurtar os pontos e acabou cometendo erros em momentos importantes, que lhe custaram uma nova quebra e a perda do set após 40 minutos de disputa.

O segundo set também começou melhor para a espanhola, que abriu 3/1 e chegou a liderar por 5/2. Kerber salvou dois match-points no saque sendo muito agressiva, enquanto Badosa preferia não arriscar e perdeu suas chances. Para piorar, ela foi quebrada sacando para o jogo, em um momento em que Kerber havia parado de errar e permitiu o empate por 5/5.

A jovem de 23 anos enfim voltou a confirmar o serviço e colocou pressão sobre a adversária. Em seu terceiro match-point, novamente esperou pelo erro de Kerber, que aconteceu. As duas jogadoras terminaram a partida com 20 winners cada uma e Badosa cometeu 22 erros não-forçados, sete a menos que a rival.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG