Notícias | Dia a dia
Com nova virada, Dimitrov chega à semi em IW
14/10/2021 às 19h30

Dimitrov disputa sua segunda semifinal seguida e busca a 16ª final da carreira

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - Pelo segundo dia seguido, Grigor Dimitrov conseguiu uma importante vitória de virada para garantir vaga na semifinal do Masters 1000 de Indian Wells. Algoz do cabeça 1 Daniil Medvedev nas oitavas de final, o búlgaro superou nesta quinta-feira o polonês Hubert Hurkacz, número 12 do mundo, por 3/6, 6/4 e 7/6 (7-2) em 2h37 de partida.

A última semifinal de Masters 1000 na carreira de Dimitrov havia sido alcançada no fim de 2019 em Paris. Ele já alcançou essa fase seis vezes em torneios desse nível, com destaque para o título de Cincinnati em 2017. Ex-número 3 do mundo, o búlgaro está com 30 anos e ocupa o 28º lugar do ranking.

Será a segunda semifinal seguida de Dimitrov na temporada, já que ele havia feito a mesma campanha em San Diego, pouco antes de Indian Wells. Vencedor de oito títulos de ATP, ele busca sua 16ª final no circuito e a primeira desde 2018 em Roterdã. Seu próximo adversário é o britânico Cameron Norrie, 26º colocado, para quem perdeu no único duelo anterior.

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Hurkacz já na reta final da parcial. O polonês disparou cinco aces e cedeu apenas quatro pontos em seus games de saque. Quando colocou o primeiro serviço em quadra, só perdeu um ponto. Dimitrov teve seu serviço quebrado no oitavo game, em que enfrentou três break-points.

O búlgaro reagiu rápido no segundo set e largou com 2/0, mas cedeu a igualdade pouco depois. Com o placar empatado por 3/3, escapou de um 15-40 e conseguiu manter o saque. Ele só voltaria a pressionar o saque de Hurkacz no último game da parcial, quando vencia por 5/4, e contou com uma bola que desviou na fita da rede para empatar a partida. Durante a parcial, Dimitrov fez 14 a 12 em winners e cometeu apenas 8 erros contra 14 do polonês.

O terceiro set começou com um excelente ponto de Dimitrov, que deslizou na quadra para executar um difícil voleio. Depois de escapar de dois break-points no início da parcial, o búlgaro foi o primeiro a quebrar e chegou a vencer três games seguidos para liderar por 5/2. Quando Dimitrov foi sacar para o jogo, Hurkacz evitou correr riscos e apenas colocava a bola em quadra, prolongando alguns ralis. A estratégia deu certo e ele devolveu a quebra.

A definição ficou para o tiebreak, em que Dimitrov começou melhor. Ele venceu dois pontos seguidos no saque do adversário e abriu 4-1 depois de mandar nos pontos com o forehand e jogar de forma agressiva. O búlgaro também arriscou uma passada com o backhand na cruzada que saiu por muito pouco. Com isso, tinha 4-2 na virada de lado. A vantagem do ex-número 3 do mundo ficou ainda maior depois de dois erros do polonês. Logo no primeiro match-point, Dimitrov definiu a disputa em três sets. Hurkacz fez 32 a 26 em winners e cometeu 46 erros contra 27 do búlgaro.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG