Notícias | Dia a dia
Dimitrov vira o jogo e derruba Medvedev nas oitavas
13/10/2021 às 19h43

Dimitrov superou Medvedev pela segunda vez no circuito profissional

Foto: Andrew Eichenholz/ATP

Indian Wells (EUA) - A série invicta de dez jogos de Daniil Medvedev chegou ao fim nesta quarta-feira. O número 2 do mundo foi eliminado nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells. Medvedev foi superado pelo búlgaro Grigor Dimitrov com parciais de 4/6, 6/4 e 6/3 em 2h14 de partida. Esta foi a segunda vitória de Dimitrov em cinco jogos contra o russo pelo circuito profissional.

Dono de 50 vitórias no ano e vindo da conquista de seu primeiro Grand Slam no US Open, Medvedev não perdia um jogo desde a semifinal do Masters 1000 de Cincinnati para o compatriota Andrey Rublev. Já em Indian Wells, o jogador de 25 anos nunca havia alcançado as oitavas antes da edição deste ano do torneio.

Algoz de Medvedev na Califórnia, Dimitrov já foi número 3 do mundo e tem oito títulos de ATP, incluindo um Masters 1000. O experiente búlgaro de 30 anos aparece atualmente no 30º lugar do ranking. Seu próximo adversário será o polonês Hubert Hurkacz, 12º do ranking, que derrotou o russo Aslan Karatsev por 6/1 e 6/3. Hurkacz, de 24 anos vive ótima fase, tendo sido campeão em Miami e semifinalista de Wimbledon.

Medvedev chegou a liderar o segundo set por 4/1
O duelo das oitavas de final já começou com uma quebra de serviço a favor de Medvedev. O russo enfrentou apenas um break-point ao longo de todo o primeiro set e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço. Por sua vez, Dimitrov reverteu um 15-40 no saque quando perdia por 5/3, mas não evitou a perda da parcial no game seguinte.

A tranquilidade nos games de saque de Medvedev acabou no segundo set, muito por conta do aproveitamento de apenas 28% de primeiro serviço em quadra. O russo só ganhou 11 dos 29 pontos jogados com o próprio saque e cometeu três duplas-faltas. Ainda assim, foi o primeiro a quebrar no segundo set, chegando a liderar o placar por 4/1. Mas a instabilidade em seu serviço e uma frequência cada vez maior no número de erros ajudaram Dimitrov a voltar para o jogo. O búlgaro jogou bem nos pontos importantes e não baixou a intensidade para vencer cinco games seguidos e empatar o jogo.

Dimitrov aproveitou o bom momento na partida e já largou com 3/0 no terceiro set. Já Medvedev tentava forçar cada vez mais o saque e se apressar para tentar definir os pontos. A estratégia não deu certo e Dimitrov ia aumentando cada vez mais a vantagem e chegou a liderar por 5/1. O búlgaro perdeu a primeira chance de sacar para o jogo, mas a vantagem confortável para chegar à vitória. Dimitrov fez 25 a 17 em winners e cometeu 35 erros contra 26 do russo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva