Notícias | Dia a dia
Rogers vence batalha com Fernandez e faz quartas
12/10/2021 às 19h50

Rogers enfrenta Ostapenko em busca de um lugar na semifinal do torneio

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - Mais uma vez a norte-americana Shelby Rogers deu mostras de seu espírito de luta e capacidade de suportar a pressão em momentos decisivos. Mesmo começando atrás no placar, a experiente norte-americana de 28 anos e 44ª do ranking conseguiu superar a canadense Leylah Fernandez, finalista do US Open e 28ª colocada, por 2/6, 6/1 e 7/6 (7-4) em 2h35 de partida nesta terça-feira para chegar às quartas de final do WTA 1000 de Indian Wells.

"Foi uma partida incrível, o nível de tênis foi muito alto. Leylah está tendo uma temporada incrível e é uma menina muito doce, é uma pessoa genuína dentro e fora da quadra. Então foi um prazer ter essa batalha contra ela hoje. Ela tem um futuro promissor", disse Rogers, enaltecendo o grande momento da jovem rival de 19 anos. Esta foi sua segunda vitória diante da canadense no circuito.

"Tudo era uma questão de quem conseguiria ditar os pontos hoje, quem conseguiria assumir o controle dos pontos mais cedo. Ela tem um forehand incrível. Honestamente eu não gosto tanto dessas quadras mais lentas, mas essa é a beleza do tênis, você ganha algumas e perde outras. Hoje o jogo caiu para o meu lado e estou ansiosa para o próximo", avaliou a norte-americana, que fez 36 a 25 em winners e cometeu 42 erros não-forçados, mesmo número que sua adversária.

Rogers vive bom momento no circuito, tendo alcançado recentemente o top 40 do ranking em julho. No último US Open, eliminou a número 1 do mundo Ashleigh Barty na terceira rodada, antes de cair para a campeã Emma Raducanu nas oitavas. Sua próxima adversária será a letã Jelena Ostapenko, ex-top 5 e atual 29ª do ranking. Ela perdeu os dois duelos anteriores que fez contra Ostapenko.

Apesar de Fernandez ter seu saque frequentemente ameaçado durante o primeiro set, enfrentando quatro break-poitns em três games distintos, a canadense escapou ilesa e aproveitou suas duas chances de quebra para vencer a parcial. Ela fez 10 a 9 em winners e cometeu 10 erros não-forçados, contra 13 de Rogers.

Mas no segundo set, Fernandez não conseguiu confirmar o saque nenhuma vez, tanto que fez apenas oito pontos em 24 possíveis em seus games de serviço e permitiu quatro quebras a Rogers. A norte-americana abriu 5/0 e a canadense até devolveu uma das quebras para evitar o 'pneu', mas não evitou a perda do set na parcial seguinte. Rogers fez 7 a 2 em winners e cometeu sete erros contra 11.

O set decisivo começou com uma quebra para cada lado, e depois as sacadoras prevaleceram, apesar de ambas terem muitas oportunidades. Fernandez chegou a salvar um match-point no saque quando perdia por 6/5, contando com a potência de seus golpes na paralela. Rogers, que tentou controlar um pouco a agressividade e fazer um jogo firme do fundo de quadra, prevaleceu durante o tiebreak decisivo para fechar o jogo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva