Notícias | Dia a dia
Ostapenko e Pegula surpreendem e vão às quartas
12/10/2021 às 17h52

Ostapenko venceu um duelo de campeãs de Roland Garros contra Iga Swiatek

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) - O início da rodada das oitavas de final do WTA 1000 de Indian Wells marcou as eliminações de duas integrantes do top 10, a número 4 do mundo Iga Swiatek e a sétima colocada Elina Svitolina. Melhor para Jelena Ostapenko e Jessica Pegula, que garantiram seus lugares nas quartas de final do torneio.

Ostapenko venceu um duelo de campeãs de Roland Garros contra Swiatek. Ex-top 5 e atual 29ª do ranking, ela marcou as parciais 6/4 e 6/3 em 1h33 de partida. A letã de 24 anos teve ótimo desempenho nas devoluções de saque, especialmente quando recorria ao backhand e conseguiu quebras de serviço. Sempre com muita potência nos golpes, liderou a contagem de winners por 25 a 15 e cometeu 21 erros contra 13 de Swiatek.

"Sabia que seria uma partida muito dura porque ela é uma grande jogadora, já ganhou um Grand Slam e está jogando um ótimo tênis. Mas eu realmente vim para cá com uma mentalidade muito forte e sabia que precisaria lutar por cada ponto e ser agressiva, acho que fiz isso muito bem hoje", disse Ostapenko, que venceu Swiatek pela segunda vez na carreira.

"Eu sabia que tenho boa devolução, então eu estava jogando bem nos momentos decisivos e então tentei sacar melhor porque estava ventando um pouco e não está tão quente. São condições diferentes da minha última partida aqui. Então sabia que precisaria de um pouco tempo para me ajustar", acrescenta a letã, que espera pela vencedora entre a canadense Leylah Fernandez e a norte-americana Shelby Rogers.

Pegula cede só dois games a Svitolina

Por sua vez, Jessica Pegula precisou de apenas 1h08 para marcar um duplo 6/1 contra Elina Svitolina. Atual 24ª do ranking, a norte-americana não enfrentou break-points na partida e marcou 19 winners e 14 erros não-forçados. Já Svitolina, que chegou a receber um atendimento para um aparente desconforto na perna direita no intervalo entre os sets, sofreu cinco quebras e cometeu 27 erros, com 18 bolas vencedoras.

"Acho que joguei muito bem, sem muitos erros. Eu estava conseguindo jogar com uma profundidade muito boa nas minhas bolas, que estavam entrando quando eu precisava. Também saquei bem quando precisava. Foi um grande dia", disse Pegula, que marcou sua sétima vitória contra top 10 no ano e na carreira. "Acho que tenho tomado muitas decisões realmente boas nos momentos certos. Isso obviamente é por causa de ter disputado muitas partidas e ganhado confiança", explica a norte-americana de 27 anos, que espera pela vencedora entre as bielorrussas Victoria Azarenka e Aliaksandra Sasnovich.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG