Notícias | Beach Tennis
Brasil e Itália decidem Copa do Mundo de beach tennis
09/10/2021 às 23h08

Vinicius Font e André Baran obtiveram grande virada contra os russos

Foto: Marcelo Zambrana

Rio de Janeiro (RJ) - Brasil e Itália, as maiores forças do beach tennis na atualidade, vão medir forças na noite deste domingo pelo título da ITF Beach Tennis World Cup, a Copa do Mundo da modalidade, realizada na Praia de Copacabana. O duelo acontece às 19h com transmissão ao vivo pelo SporTV3.

Neste sábado, o Brasil derrotou a Federação Russa, campeã de 2016, por 2 a 0, enquanto a equipe italiana fez 3 a 0 sobre a Espanha.

O Brasil largou na frente com vitória de Rafaella Miller, segunda do mundo, e Marcela Vita, 12ª, por contundentes 6/2 e 6/1 em 59 minutos no primeiro embate contra Daria Churakova e Liudmila Nikoian. No confronto seguinte, muitas emoções, com mais uma virada para o carioca Vinicius Font e o catarinense André Baran derrubando o número 3 do ranking, Nikita Burmakin, e Nikolai Gurev, por 6/7 (5-7), 6/3 e 10-1.

Com o confronto definido, a equipe brasileira fez festa na quadra central junto com o público que lotou a arquibancada. "Sempre temos aquela dúvida na escalação de quem vai jogar, qual característica de jogo. Eles entraram da forma que a gente imaginava, sendo agressivos, ganhando a rede. Gurev estava incrível no primeiro set abafando as bolas. Nós estávamos um pouco recuados, deixando eles um pouco confortáveis. Quando a gente conseguiu dominar um pouco a quadra, fazer a primeira quebra, o negócio andou e essa virada tem a mão dele", disse Baran.

"A Itália será jogo duro, todos os jogadores se conhecem, vamos sentar e conversar vamos entrar muito intenso, muita energia buscando ao máximo esse título", seguiu o sexto do mundo.

O Brasil tem três títulos conquistados em 2013, 2018 e 2019 , é o atual bicampeão e tentará igualar justamente a Itália que venceu nas edições de 2012, 2014, 2015 e 2017. O time brasileiro fará sua sétima final, enquanto equipe italiana jogará a oitava, tendo ficado apenas em 2019 fora da decisão. Brasil e Itália já decidiram a competição em cinco ocasiões, com dois títulos para o time brasileiro.

As brasileiras vão tentar desbancar a dupla que está quase imbatível no ano. Giulia Gasparri, líder do ranking, e Ninny Valentini. Elas perderam apenas dois das 32 partidas realizadas: "São jogadoras que estão super bem, a Ninny vem de uma lesão no joelho, mas independente disso precisamos manter nosso jogo, firmes e fazer elas jogarem e forçar os erros delas", analisou Rafaella Miller. Marcela Vita destacou a força da torcida na busca pelo título: "Além da torcida, temos um grupo muito unido e isso vai fazer a diferença contra a Itália."

O Brasil volta à quadra também no juvenil neste domingo a partir das 9h para a final contra a Itália buscando título inédito. O jogo acontece na quadra central da arena montada no posto 2 da praia.

Comentários