Notícias | Dia a dia
Monteiro cai em IW e segue sem vencer em Masters
07/10/2021 às 18h57

Monteiro disputou o quinto Masters 1000 da carreira e ainda busca a 1ª vitória

Foto: Arquivo

Indian Wells (EUA) - Ainda não foi desta vez que Thiago Monteiro conseguiu sua primeira vitória em uma chave principal de Masters 1000. Em sua partida de estreia em Indian Wells, o número 1 do Brasil e 92º do mundo perdeu para o norte-americano Tennys Sandgren, 102º do ranking, por 6/4 e 6/3 em 1h48 de partida nesta quinta-feira.

Monteiro, de 27 anos, disputou o quinto Masters 1000 da carreira e o primeiro desde 2019 em Miami. Na atual temporada, o cearense tem 13 vitórias em chaves principais de ATP, outras nove em challengers e mais uma no quali para o Masters 1000 de Roma. Seu melhor resultado foi uma semifinal de ATP no piso duro de Melbourne, uma semana antes do Australian Open.

Algoz de Monteiro na primeira rodada de Indian Wells, Sandgren está com 30 anos e tem como melhor ranking da carreria o 41º lugar. Ele enfrenta na próxima fase o britânico Cameron Norrie, 26º do ranking. O norte-americano venceu o único duelo anterior de nível ATP. Mas em torneios challenger, o britânico tem quatro vitórias e duas derrotas contra o rival.

Monteiro começou bem no jogo e também salvou oito match-points
Monteiro teve um bom início de partida, colocando pressão nos dois primeiros games de serviço de Sandgren e exigindo do norte-americano forçar demais o saque. Não demorou para que ele conseguisse uma quebra e abrisse 3/1 no placar. A situação do set inicial começou a mudar no oitavo game, em que o brasileiro tinha 4/3 e 40-0, mas não conseguiu confirmar o serviço. Sandgren ganhou confiança e passou a sacar melhor, enquanto Monteiro optou por jogar com mais margem de segurança, na tentativa de diminuir o número de erros, o que acabou não acontecendo.

O segundo set começou melhor para Sandgren, que conseguiu uma quebra cedo e fez 3/0. O norte-americano não vinha enfrentando break-points e cedia poucos pontos em seus games de serviço, chegando a liderar pro 5/2. Monteiro salvou três match-points no saque quando e outros cinco no serviço do adversário. O número 1 do Brasil teve, então, uma chance de quebra, mas Sandgren se salvou com ace. Também diretamente com o saque, aproveitou o nono match-point, terminando a partida com 11 aces.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva