Notícias | Dia a dia
Bia sofre virada e perde na rodada final do quali
05/10/2021 às 21h19

Bia tentava voltar a disputar um WTA 1000 pela primeira vez desde 2018

Foto: Arquivo

Indian Wells (EUA) - Depois de ter vencido seu jogo de estreia no qualificatório para o WTA 1000 de Indian Wells, Beatriz Haddad Maia foi derrotada nesta terça-feira, quando precisava de apenas mais uma vitória para garantir vaga na chave principal. A número 1 do Brasil e 115ª do mundo começou melhor, mas permitiu a virada para a norte-americana Usue Arconada, 189ª colocada, por 4/6, 6/4 e 6/0 em 2h24 de partida.

A última vez que Bia havia disputou a chave principal de um WTA 1000 aconteceu em março de 2018, em Miami. A paulistana de 25 anos ainda tem uma chance de entrar no torneio de Indian Wells. Bia segue para o ITF W60 de Rancho Santa Fe. Por ter vencido a partida de estreia, contra a italiana Lucrezia Stefanini, faz 20 pontos no ranking, mas tem 18 a descartar de seu 16º e último resultado válido.

Algoz de Bia nesta terça-feira, Arconada foi número 5 do ranking mundial juvenil e está com 22 anos. Sua melhor marca no ranking como profissional foi a 116ª posição, alcançada no fim de 2019. Na semana passada, ela foi campeã de um ITF W60 em Berkeley, na Califórnia.

Brasileira dominou o primeiro set e teve quebra acima no 2º
Com um primeiro set bastante seguro, Bia não enfrentou break-points e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço. Quando colocou o primeiro saque em quadra, venceu 16 pontos em 17 possíveis. Ela criou três oportunidades de quebra e aproveitou uma delas. Arconada salvou um set-point quando perdia por 5/3 e confirmou o serviço, mas a brasileira definiu a parcial no game seguinte, confirmando o saque de zero.

O segundo set teve mais altos e baixos. Bia foi a primeira a quebrar e fez 2/1, mas sua vantagem não durou muito e ela perdeu quatro games seguidos. A brasileira teve bem mais dificuldades em seu saque, especialmente quando dependia do segundo serviço e fez apenas cinco pontos em onze possíveis. Ela enfrentou sete break-points e sofreu três quebras na parcial. Arconada chegou a sacar para o set, quando vencia por 5/3, Bia devolveu a quebra, mas voltaria a perder o saque logo na sequência.

O início do terceiro set não foi bom para a brasileira, que sofreu uma quebra logo cedo e viu a rival abrir 3/0 ao vencer 12 pontos em 16 possíveis. Pouco depois, Arconada voltou a quebrar para fazer 4/0 no placar. A brasileira vinha cometendo muitos erros não-forçados com o forehand, apesar de uma dificuldade para tirar a bola do meio da quadra para efetivamente jogar de forma agressiva. A norte-americana soube administrar a vantagem e definir a vitória em três sets.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva