Notícias | Dia a dia
Guy Forget tem o nome envolvido no Pandora Papers
05/10/2021 às 13h49

Paris (França) - Ex-tenista profissional e atual chefe de Roland-Garros, o francês Guy Forget apareceu na segunda-feira na lista de personalidades envolvidas com o Pandora Papers, uma investigação jornalística que revela o uso de empresas sediadas em paraísos fiscais por personalidades de todo o mundo.

De acordo com a Radio France, Forget teria se beneficiado por vários anos de uma empresa domiciliada nas Ilhas Virgens Britânicas. De acordo com a investigação, a empresa Mainland Group Limited, que existiu pelo menos desde 2005 e foi dissolvida em 2016, estaria ligada ao ex-capitão da francês na Copa Davis.

A finalidade desta empresa, ainda de acordo com documentos obtidos pela Radio France, era deter “direitos de propriedade intelectual de vários desportistas”, com ativos avaliados na casa dos 1,4 milhões de euros.

Questionado sobre o assunto, Forget se defendeu dizendo que desde o início de sua carreira profissional, na década de 1980, até o período de capitão francês, quem tomava conta de seus interesses e contratos era a IMG, uma das maiores agências do mundo no gerenciamento de atletas.

“Se contratei a empresa IMG, é porque sou completamente incompetente para dirimir e administrar essas questões financeiras, jurídicas e fiscais”, alegou o francês. A IMG, por sua vez, disse que interrompeu sua colaboração com Guy Forget no final de sua carreira esportiva, oito anos antes da criação da empresa offshore.

As duas versões se opõem, uma vez que a IMG afirma que encerrou sua colaboração com Forget em 1997 e o francês diz que o término do contrato teria acontecido em abril de 2012.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG