Notícias | Dia a dia
Após grande US Open, holandês tem que jogar quali
05/10/2021 às 11h08

Indian Wells (EUA) - Apesar de ter feito um grande US Open, onde furou o quali e depois foi até as quartas de final, derrubando dois top 20 em seu caminho, o norueguês Casper Ruud e o argentino Diego Schwartzman, o holandês Botic van de Zandschulp terá mais uma vez que encarar a fase classificatória no Masters 1000 de Indian Wells.

Como a lista de inscrição para o torneio californiano foi feita com base no ranking divulgado logo antes do US Open, o holandês acabou ficando de fora da chave principal, uma vez que na época era apenas o 117º do mundo. Com a campanha em Nova York, ele deu um enorme salto e atualmente ocupa a 65ª colocação.

Esta situação fez com que Van de Zandschulp seja disparado o tenista de melhor ranking em todo o quali de Indian Wells, o único entre eles a estar no top 100. Depois do holandês, o mais bem colocado na ATP é o australiano Alex Bolt, que ocupa o 137º lugar na lista desta segunda-feira.

O primeiro oponente na caminhada do holandês rumo à chave principal é o canadense Peter Polansky, que está mais de 200 posições abaixo de Van de Zandschulp, ocupando a modesta 282ª colocação. Ele precisa de duas vitórias para furar o quali. Se passar pela estreia terá pela frente o vencedor do duelo entre o letão Ernests Gulbis e o norte-americano Thai-Son Kwiatkowski.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG