Notícias | Dia a dia
Golden Slam de Steffi Graf completa 33 anos
01/10/2021 às 20h59

Steffi Graf conquistou os quatro torneios do Grand Slam e mais o ouro olímpico em 1988

Foto: Arquivo

Seul (Coreia do Sul) - O dia 1º de outubro é histórico para o tênis mundial porque marca uma façanha incrível de Steffi Graf. Há 33 anos, em 1988, a alemã completava o Golden Slam daquela temporada. Graf já havia conquistado todos os Grand Slam daquele ano, Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open, e manteve o domínio no circuito conquistando a medalha de ouro olímpica em Seul.

A medalha de ouro em Seul foi conquistada após a vitória por duplo 6/3 sobre a argentina Gabriela Sabatini na final por duplo 6/3. Graf também havia vencido Sabatini, mas em três sets, na final do US Open daquele ano. Ela superou Chis Evert na final da Austrália, fez um duplo 6/0 contra Natasha Zvereva na final de Roland Garros e superou Martina Navratilova na decisão de Wimbledon.

Durante o ano de 1988, Graf venceu 72 jogos e perdeu apenas três, tendo aproveitamento de 96%. Ela chegou a conquistar oito torneios seguidos. A série começou no mês de maio em Berlim e só terminou em outubro, em Brighton. Mas a invencibilidade de 46 jogos daquele ano não é a maior de sua carreira. A alemã chegou a vencer 66 partidas seguidas entre 1989 e 1990. Também em 1989, teve aproveitamento de 97,7%, com 86 vitórias e só duas derrotas.

Vencedora de 22 títulos de Grand Slam em simples, Graf só fica atrás de Serena Williams na Era Aberta (23 conquistas) e de Margaret Court, que acumula 24 troféus, somando as fases amadora e profissional do esporte. A alemã tem o recorde entre homens e mulheres em semanas na liderança do ranking, são 377 no total. Ela divide com Serena a maior série de semanas consecutivas como número 1 do mundo, 186 para cada uma, e terminou oito temporadas distintas no topo do ranking.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva