Notícias | Dia a dia
Jabeur bate Svitolina pela 1ª vez, Bencic abandona
01/10/2021 às 19h02

Jabeur havia perdido os três duelos anteriores contra Svitolina no circuito profissional

Foto: Jimmie48/WTA

Chicago (EUA) - Pela primeira vez em quatro confrontos, Ons Jabeur conseguiu superar Elina Svitolina para garantir seu lugar na semifinal do WTA 500 de Chicago. A tunisiana de 27 anos e 16ª do ranking apostou em suas variações táticas, especialmente nos drop-shots, e conseguiu superar a ucraniana por 6/4 e 6/2 em 1h22 de partida. Ela fez 28 a 9 no placar de winners e conseguiu quatro quebras, enquanto a ucraniana aproveitou apenas um break-point em 12 possíveis.

"Acho que fiz a mesma tática do resto do torneio, começar um pouco lenta e depois BOOM!", disse Jabeur, que perdia o primeiro set por 4/1 e chegou a vencer nove games seguidos nesta sexta-feira. "Estou feliz porque o meu drop-shot me ajudou muito hoje. Eu não poderia terminar a entrevista sem agradecer aos meus drop-shots".

"Já joguei contra a Elina antes, tive minhas chances e acabei perdendo. Mas hoje eu dei tudo de mim", afirmou a tunisiana, que teve match-points em um dos duelos anteriores contra Svitolina, disputado na temporada de 2017 em Taiwan. "Estou muito feliz e orgulhosa de mim mesma por ter aprendido com aquelas derrotas, especialmente contra a Elina e também contra a Jessica [Pegula, a quem superou nas oitavas]. Conseguir vencê-las é incrível e espero continuar fazendo isso".

A vitória sobre Svitolina foi a quinta de Jabeur contra uma top 10 na temporada e a nona na carreira. A tunisiana vive seu melhor momento no circuito, sendo a primeira mulher árabe a vencer um WTA, este ano na grama de Birmingham e também atingindo as quartas de final em Wimbledon. Ela tenta alcançar sua quarta final na carreira e terceira na temporada.

Bencic abandona e Rybakina chega à semifinal
A adversária de Jabeur na semifinal será a cazaque Elena Rybakina, 17ª do ranking, contra quem ela tem uma vitória e uma derrota. Rybakina vencia a partida das quartas contra a suíça Belinda Bencic, 12ª colocada, por 6/4 e 3/1 quando a rival sofreu uma queda em quadra e lesionou o joelho direito. Bencic conseguiu ficar em pé e caminhar um pouco na quadra, mas não teve condições de continuar a partida.

"Essa é a pior coisa que pode acontecer com uma atleta. Eu só posso desejar a ela uma boa recuperação e que possa voltar a jogar o mais rápido possível", disse Rybakina, que fez 19 a 14 em winners e terminou o jogo com 14 erros contra 22 da suíça.

No primeiro set, a cazaque perdia por 4/2, mas conseguiu reverter. Enquanto ela sacava muito bem, a rival vinha cometendo muitos erros e duplas-faltas. "Não é fácil sacar aqui, porque depende muito das condições. Estava muito quente quando começamos a jogar, e quando o seu rendimento físico cai um pouco, isso afeta o saque e a maneira como você sente a bola. Mas certamente o saque me ajudou muito hoje".

Muguruza e Vondrousova abrem as semifinais às 15h
O sábado de semifinais em Chicago começa às 15h (de Brasília) com a partida entre a espanhola Garbiñe Muguruza e a tcheca Marketa Vondrousova. Elas se enfrentaram apenas uma vez, com vitória de Muguruza no início deste ano na Austrália. Jabeur e Rybakina fazem a segunda semifinal logo na sequência.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva