Notícias | Dia a dia
Thiago Wild se defende de recentes acusações
30/09/2021 às 14h39

Rio de Janeiro (RJ) - A equipe de Thiago Wild emitiu uma nota à imprensa nesta quinta-feira a respeito das recentes acusações que o tenista responde. Reportagem publicada pelo portal UOL no início desta semana revelou que a polícia do Rio de Janeiro está investigando Wild, acusado de violência psicológica, injúria e lesão corporal contra a ex-namorada, a biomédica e influenciadora digital Tayane Lima. O jogador de 21 anos e 129º do ranking se defende dizendo que foi vítima de calúnia e difamação.

"Em razão das recentes publicações na mídia e em redes sociais, contendo as mais diversas afirmações inverídicas e difamatórias a meu respeito, venho a público prestar alguns esclarecimentos", afirmou Thiago Wild. "Conforme amplamente divulgado, decidi recentemente pelo fim do relacionamento afetivo que possuía até então. Em respeito às pessoas envolvidas e em nome da boa postura, mantive a questão no âmbito privado, conduta que infelizmente não foi mútua"

"Inicialmente, a preservação da intimidade era postura comum entre nós, mas deixou de ser após o não pagamento de valores exorbitantes que me foram exigidos para que o rompimento não se transformasse em uma campanha publicamente difamatória ao meu respeito. Este crime do qual fui vítima já está sendo devidamente apurado pelas autoridades competentes", acrescentou o atual número 2 do Brasil no ranking da ATP.

"Em relação às afirmações desairosas a meu respeito, tenho a esclarecer que se tratam de práticas difamatórias e caluniosas que igualmente são objeto de processos cíveis e criminais já em curso. Embora estarmos todos longe da perfeição, tenho tranquilidade em dizer que essas alegações falsas, fabricadas e vingativas, não são de forma alguma reflexo de meu caráter ou ações", acrescentou o tenista.

"Feitos os breves esclarecimentos sobre este assunto particular que trato com muita seriedade e tristeza, suas tratativas voltarão a ser conduzidas restritamente no âmbito privado e judicial, pois a preservação da intimidade alheia é também uma postura que se espera das pessoas de bem", complementou o jogador, que responde ação por danos materiais e morais, movida por Thayane.

Wild está sem jogar desde julho e sofreu recentemente uma lesão no quadril. A expectativa é de que ele volte ao circuito disputando challengers em Santiago, no início de outubro. "Retomo o foco da minha volta às quadras de tênis, esporte que amo e em algumas semanas estarei novamente competindo, levando com orgulho a bandeira brasileira. Deixo este infeliz assunto sob a responsabilidade da minha assessoria jurídica que tenho certeza, trabalhará para prevalecer a verdade".

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG