Notícias | Dia a dia
Bia: 'Tenho consciência do que preciso melhorar'
28/09/2021 às 21h09

Bia segue nos Estados Unidos para a disputa do quali de Indian Wells

Foto: Jimmie48/WTA

Chicago (EUA) - Depois de encerrar sua participação no WTA 500 de Chicago, Beatriz Haddad Maia avaliou seu desempenho na derrota sofrida nesta terça-feira para a britânica Harriet Dart, 141ª do ranking e que entrou na chave como lucky-loser. Bia vinha de duas vitórias no quali em Chicago e sai de quadra ciente do que precisa melhorar para voltar a disputar torneios da elite do circuito.

"Comecei e terminei o jogo bem abaixo do que vinha jogando e com muitos erros não forçados. A Dart foi mais competente e agressiva nos momentos importantes do terceiro set, o que foi crucial. Saí insatisfeita da quadra hoje", disse Bia Haddad Maia, que perdeu por 6/1, 3/6 e 6/1 em 2h11 de partida. A brasileira teve o serviço quebrado sete vezes e enfrentou nove break-points.

"Mas estou muito feliz com o que eu e minha equipe estamos fazendo. Tenho total consciência do que preciso melhorar e semana que vem terei mais uma oportunidade. Vou seguir trabalhando duro e cuidando do meu corpo para fazer melhor", acrescentou a tenista de 25 anos, que disputa seu torneio mais forte desde junho de 2019.

Número 1 do Brasil e 116ª do mundo, Bia seguirá nos Estados Unidos. Na próxima semana, a paulistana de 25 anos disputará o qualificatório do WTA 1000 de Indian Wells, buscando vaga num dos maiores torneios do circuito. Por ter furado o quali em Chicago, ela receberá 25 pontos no ranking mundial.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva