Notícias | Dia a dia
Muguruza avança e tenta se adaptar ao vento
28/09/2021 às 19h38

Muguruza terminou a partida com 13 winners e 26 erros não-forçados

Foto: Jimmie48/WTA

Chicago (EUA) - Segunda cabeça de chave no WTA 500 de Chicago, Garbiñe Muguruza estreou com uma difícil vitória na competição e já garantiu seu lugar nas oitavas de final. A número 9 do mundo enfrentou a norte-americana Ann Li, jovem de 21 anos e 71ª do ranking, e venceu por duplo 6/4 em 1h30 de partida. Logo após o jogo, Muguruza deu méritos à adversária e comentou sobre a dificuldade de jogar como muito vento, tendo que se adaptar durante o jogo.

"Estava ventando muito, mas eu sabia disso quando vim para cá. Tentei não ficar frustrada por causa do vento e de trajetória da bola. Estava difícil para sacar, mas continuei lutando e mantive a calma", disse Muguruza que terminou a partida com 13 winners e 26 erros não-forçados, enquanto Li marcou 15 bolas vencedoras e cometeu 31 erros.

"Sabia também que seria um jogo difícil contra uma adversária que eu nunca havia enfrentado antes. Ela é muito jovem e talentosa, mas estou muito feliz por ter obtido essa primeira vitória aqui. Chegar à terceira rodada é um passo importante, e estou ansiosa para recuperar o meu melhor nível", acrescentou a espanhola de 27 anos, que agora espera pela vencedora entre a bielorrussa Victoria Azarenka e a jovem norte-americana de 19 anos Hailey Baptiste.

Mertens, Collins e Jabeur também vencem na rodada

Quem também garantiu vaga nas oitavas foi Elise Mertens. Cabeça 7 em Chicago e 18ª do ranking, a belga derrotou a ucraniana Dayana Yastremska por 6/1 e 6/3. Mertens enfrenta a norte-americana Danielle Collins, décima favorita e 28ª do mundo, que derrotou a japonesa Misaki Doi por 4/6, 6/3 e 7/5. A belga levou a melhor no único duelo anterior, disputado na grama de Wimbledon em 2018.

Do outro lado da chave, a tunisiana Ons Jabeur é mais uma jogadora classificada para as oitavas de final. Cabeça 6 em Chicago, ela superou a taiwanesa Su-Wei Hsieh por 6/1 e 6/0 em apenas 46 minutos de partida. Jabeur, de 27 anos e 16ª do ranking, pode enfrentar a alemã Andrea Petkovic ou a norte-americana Jessica Pegula.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva