Notícias | Dia a dia
Bia perde para lucky-loser em sua volta a um WTA
28/09/2021 às 13h22

Bia disputa um torneio da elite do circuito pela primeira vez desde junho de 2019

Foto: Jimmie48/WTA

Chicago (EUA) - Não deu para a paulista Beatriz Haddad Maia na chave principal do WTA 500 de Chicago. Depois de furar o quali, ela foi superada na primeira rodada pela lucky-loser britânica Harriet Dart, atual 141 do mundo, que derrotou a brasileira em três sets, com o placar final de 6/1, 3/6 e 6/1, em 2h11 de batalha.

Bia oscilou muito com o saque, teve aproveitamento bem baixo tanto no primeiro set quanto no terceiro e só conseguiu desempenho melhor no segundo, justamente aquele que acabou vencendo. A canhota paulista terminou o jogo vencendo apenas 49% dos pontos de saque, contra 58% da adversária britânica.

Esta foi a segunda vez que as duas se cruzaram no circuito e novamente Dart levou a melhor no duelo. A britânica de 25 anos já havia derrotado Bia na grama de Wimbledon em 2019, curiosamente a última aparição da brasileira em uma chave principal de WTA até esta agora em Chicago.

A brasileira começou mal no jogo e perdeu os quatro primeiros games, levando duas quebras. Ela ainda perdeu o saque uma vez mais antes de ver a Dart fechar o primeiro set. Apesar dos dois aces, Bia venceu apenas metade dos pontos disputados com o primeiro serviço e 25% com o segundo.

No segundo set, a paulista reagiu e conseguiu pressionar mais a rival. Bia deixou escapar um break-point no terceiro game, mas depois venceu os quatro seguintes e chegou a abrir 5/2. Dart devolveu uma das duas quebras no oitavo, mas quando voltou ao saque, no nono, amargou mais um break contra e assim perdeu a parcial.

Depois de empatar o jogo, Bia chegou a ameaçar Dart logo no começo do terceiro e decisivo set, mas perdeu o break-point que teve logo no segundo game. Depois disso só deu a britânica, que anotou três quebras seguidas e arrancou para a vitória. Ela terá agora pela frente a russa Veronika Kudermetova, cabeça de chave 12.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva