Notícias | Dia a dia
Líder do ranking, Barty também não disputará IW
27/09/2021 às 17h47

Barty não joga desde o US Open e presença no Finals também foi colocada em dúvida

Foto: Arquivo

Indian Wells (EUA) - Menos de uma semana depois de Naomi Osaka anunciar sua desistência do WTA 1000 de Indian Wells, a competição perdeu mais um nome de peso. A número 1 do mundo Ashleigh Barty também não disputará o torneio que começa na quarta-feira da semana que vem.

Barty está sem jogar desde a eliminação na terceira rodada do US Open. A australiana tem 42 vitórias e apenas oito derrotas na temporada e conquistou cinco títulos, com evidente destaque para o segundo Grand Slam de sua carreira em Wimbledon. Ela também venceu os WTA 500 de Melbourne e Stuttgart e os WTA 1000 de Miami e Cincinnati.

"O torneio de Indian Wells é um dos meus eventos favoritos no calendário", disse Barty em um comunicado." Foi uma decisão difícil me retirar, mas sei que algumas semanas de descanso e ver minha família na Austrália é a coisa certa para mim neste momento do temporada".

Fica a expectativa agora para saber se Barty disputará ou não o WTA Finals. Ela já está classificada para o evento que reúne as oito melhores jogadoras da temporada e que acontecerá entre os dias 10 e 17 de novembro no México.

A participação no Finals foi colocada em dúvida por seu técnico, Craig Tyzzer, citando a data do torneio e a necessidade de cumprir uma quarentena de 14 dias na volta à Austrália poderiam comprometer a preparação para 2022. Conquistar o Australian Open é uma das metas para a jogadora de 25 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva