Notícias | Dia a dia
Raducanu anuncia fim da parceria com treinador
24/09/2021 às 21h06

Campeã do US Open encerrou a parceria com Andrew Richardson e busca nome mais experiente

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Duas semanas depois de conquistar seu primeiro título de Grand Slam, no US Open, a britânica Emma Raducanu anunciou o fim da parceria com o técnico Andrew Richardson. A jovem tenista de 18 anos está em busca de um nome com maior experiência na elite do circuito. Esta será sua segunda troca de treinador no ano para Raducanu, que havia encerrado a parceria com Nigel Sears depois da boa campanha até as oitavas em Wimbledon.

"Depois de Wimbledon, meu ranking estava em torno de 200 do mundo. E, na época, achei que Andrew seria um ótimo treinador para tentar subir e fui com ele para os Estados Unidos. Nunca sonhei em ganhar o US Open e ter a campanha que fiz. Agora, sou a número 22 do mundo, o que é uma loucura para mim", disse Raducanu, ao jornal The Guardian.

"É difícil ter essa conversa, mas preciso de alguém que tenha mais experiência no circuito, que tenha passado por isso e visto jogadores na minha situação por muitos anos", avaliou a britânica. "As jogadoras top são competidoras sérias e eu realmente preciso de alguém agora que passou por isso e pode realmente me guiar ao longo do caminho, porque ainda sou muito nova".

Raducanu garante não ter pressa para definir o nome de seu novo treinador. Embora o nome do australiano Darren Cahill ganhe força nos bastidores após o fim da parceria de seis temporadas com a romena Simona Halep, anunciado também durante esta semana.

"Não tenho ninguém em mente. Enquanto ainda estou jogando os torneios, não é a melhor hora para testar um treinador. Então, na pré-temporada, quando terminarem as competições deste ano, vou testar alguns treinadores".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva