Notícias | Dia a dia
Kvitova consegue revanche e disputa semi em casa
24/09/2021 às 17h49

Kvitova enfrenta Kontaveit em busca de uma vaga na final de Ostrava

Foto: Divulgação

Ostrava (República Tcheca) - Depois de ter vencido um jogo muito longo em sua estreia no WTA 500 de Ostrava, Petra Kvitova marcou uma vitória em sets diretos nesta sexta-feira e garantiu vaga na semifinal do torneio tcheco em quadras duras e cobertas. Jogando em casa, a número 10 do mundo superou a suíça Jil Teichmann, 42ª colocada, por duplo 6/4 em 1h36 de partida. O resultado serviu como revanche para Kvitova, que havia perdido para Teichmann este ano em Dubai.

"Sofri um pouco nos meus primeiros games de saque, salvei alguns break-points, e depois disso eu me senti um pouco melhor. Mesmo que ela ainda estivesse sacando muito bem, eu estava sentindo melhor a bola e consegui a quebra. E no segundo set eu estava com uma quebra atrás, mas consegui igualar rápido e fiz o melhor que pude", disse Kvitova, que fez 24 a 11 em winners e cometeu 27 erros contra 18.

A tcheca vinha de uma difícil vitória na última quarta-feira contra a russa Anastasia Potapova. Vencedora de 28 títulos no circuito, a experiente jogadora de 31 anos busca a 39ª final da carreira. "Depois do meu primeiro jogo eu estava um pouco exausta. Foi um jogo muito longo. Nos últimos dias eu não pude treinar tanto para o torneio, então estou muito feliz por ter fechado a partida em dois sets. Foi um jogo duro fisicamente, mas fui um pouco melhor que na estreia e espero estar melhor amanhã".

Kontaveit supera Bencic nas quartas de final
Kvitova enfrenta na semifinal a estoniana Anett Kontaveit, 30ª do ranking. Elas já protagonizaram sete duelos e a tcheca lidera o histórico de confrontos por 5 a 2. Este ano, Kvitova já superou a rival nas quartas de final de Doha, torneio em que ela foi campeã. A vaga de Kontaveit na semi veio com a vitória por 6/4 e 6/3 sobre a suíça Belinda Bencic, terceira cabeça de chave e número 11 do mundo. A estoniana mostrou boa adaptação às condições mais lentas do torneio ao marcar 29 winners e apenas 19 erros na partida. A jogadora de 25 anos e dona de dois títulos busca a décima final da carreira.

"Acho que fiz uma boa partida, tive algumas oscilações no fim do primeiro set, mas estou muito feliz com a forma como eu consegui voltar para o jogo. Acho que joguei muito bem", disse Kontaveit, já projetando a semifinal. "Petra é uma grande jogadora e imprevisível. Ela bate muito bem na bola e terá o apoio da torcida, mas estou aproveitando o meu tempo em quadra aqui em estou esperando outro bom desafio".

Swiatek e Sakkari abrem a rodada de sábado
A rodada deste sábado começa às 9h (de Brasília) com a primeira semifinal, entre Iga Swiatek e Maria Sakkari. Número 6 do mundo, Swiatek é a principal cabeça de chave do torneio. Mas Sakkari, 12ª do ranking, venceu o único duelo anterior entre elas, nas quartas de final de Roland Garros. Kvitova e Kontaveit duelam na sequência.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva