Notícias | Dia a dia
Borg: 'Minha equipe representa o futuro do tênis'
24/09/2021 às 11h03

Boston (EUA) - Responsável por capitanear o time europeu na Laver Cup, o sueco Bjorn Borg não contará desta vez com nomes de peso como Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic, mas ainda assim terá em mãos quatro dos cinco mais bem colocados no ranking da ATP, entre eles o russo Daniil Medvedev, campeão do US Open semanas atrás.

“Em primeiro lugar, quero dizer que estou muito feliz por ter aqui a minha equipe. Eles representam o futuro do tênis. Não importa quem joga, sei que a competição vai ser dura e todos os seis são excelentes tenistas”, afirmou o sueco, cujo time tem média de 23,6 anos, enquanto do outro lado a média do Time Mundo é de 26,3 anos.

Borg também falou sobre o seu papel no banco durante as partidas. “Tenho confiança em todos, então acho que eles devem ser encorajados e receber sinais de energia. Talvez, se não estiverem jogando muito bem, algumas questões tenham que ser modificadas, mas eu reitero que saberão o que fazer”, afirmou o ex-número 1 do mundo.

A confiança do sueco é tamanha em sua equipe que ele aposta na defesa do título por parte dos europeus, que venceram as três primeiras edições da Laver Cup. O norueguês Casper Ruud será encarregado de abrir o evento nesta sexta-feira em Boston diante do norte-americano Reilly Opelka.

“Estou muito feliz por Casper e satisfeito por tê-lo na equipe. Ele teve um ótimo verão, quando conquistou bons resultados. Ele agora está entre os 10 melhores e tem um grande futuro”, observou Borg, que verá Rudd tentar manter a invencibilidade contra Opelka, tendo vencido o norte-americano nas duas vezes que se cruzaram pelo circuito da ATP.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva