Notícias | Dia a dia
Monteiro joga às 9h em busca da semi em Braga
23/09/2021 às 19h57

Monteiro enfrenta o experiente italiano Andrea Arnaboldi nas quartas em Braga

Foto: Braga Open

Braga (Portugal) - Depois de vencer seus dois primeiros jogos no challenger de Braga, Thiago Monteiro volta à quadra na manhã desta sexta-feira pelas quartas de final do torneio. O número 1 do Brasil e 90º do mundo é o principal cabeça de chave do torneio português em quadras de saibro e enfrenta o italiano Andrea Arnaboldi, veterano de 33 anos e 286º colocado, a partir das 9h (de Brasília). Monteiro venceu o único duelo anterior, válido pelo challenger de Biella em 2018.

Em caso de vitória, Thiago Monteiro alcançará sua segunda semifinal do ano. A primeira foi no ATP 250 de Melbourne, preparatório para o Australian Open, no piso duro. Apesar de ter feito um bom início de temporada na Austrália, o cearense de 27 anos sofreu uma lesão na panturrilha e foi diagnosticado com Covid-19 justamente no período em que poderia lutar por pontos importantes no saibro europeu.

"Tive um bom início de ano, mas logo depois da gira da América do Sul eu peguei Covid. Fiquei um mês parado, e quando eu voltei tive uma lesão que me parou quase um mês mais, e eu não podia voltar para o Brasil, então tinha que ir pulando de torneio em torneio, mas jogando sem treinar. Perdi confiança naquela gira da Europa, que é a que eu mais gosto. Em Roland Garros eu comecei a jogar melhor e ganhei uma rodada, mas esse período foi bem difícil", disse Monteiro, que já passou pelo alemão Peter Heller e pelo português Tiago Cação em Braga.

A meta do cearense para a reta final da temporada e buscar pontos para se manter entre os cem primeiros do ranking e garantir a vaga direta no Australian Open de 2022. "A ideia principal agora é buscar estar somando jogos e pontos para me manter entre os 100. Tenho boas expectativas de manter esse ranking, porque não defendo muitos pontos. Tem um título de challenger (em Lima) para defender, mas não é muita coisa. Então, vou aproveitar para jogar aqui em Braga e Lisboa. E depois, na América do Sul, tem mais quatro ou cinco torneios. São muitos pontos em jogo e se eu estiver me sentindo bem eu tenho boas condições de estar retomando essa confiança".

O torneio em Braga é o primeiro que Monteiro disputa em Portugal. "Normalmente, o torneio de Estoril coincide com o ATP de Munique. E na primeira vez que eu fui para Munique eu me senti bem, estava jogando bem, e acabou que eu nunca joguei o torneio de Estoril. Não tinham tantos challengers aqui em Portugal nos anos anteriores, agora estão tendo bastante. Estou me sentindo bem e provavelmente voltarei mais".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva