Notícias | Dia a dia
Federer: 'Dupla com Rafa na Laver Cup foi especial'
23/09/2021 às 11h59

Nova York (EUA) - Pela primeira vez a Laver Cup não contará com um sequer do Big 3 em sua disputa, nem mesmo o suíço Roger Federer, um dos idealizadores do torneio que teve sua primeira edição em 2017. Mesmo afastado, ainda se recuperando de uma terceira cirurgia no joelho direito, o tenista da Basileia acompanhará tudo que poder do evento mesmo estando na Suíça.

Em entrevista por ao New York Times, o ex-número 1 do mundo falou sobre a competição, que acontece entre sexta-feira e domingo desta semana no TD Garden, em Boston, e destacou a importância do evento que homenageia Rod Laver. “Em nosso esporte, não temos plataforma suficiente para grandes ex-jogadores, lendas do esporte”, disse Federer.

“Se você olhar para o golfe, eles têm uma maneira maravilhosa de fazer isso. Os ex-jogadores estão sempre por perto, sempre bem-vindos e sempre aconselhando os mais jovens. Ter um evento como a Laver Cup é uma maneira de iluminar lendas como Rod Laver e muitos, muitos outros que abriram o caminho para nós”, acrescentou o suíço.

Federer também contou qual foi o seu momento favorito na competição. “É claro que a dupla com Rafa (Nadal) foi realmente especial porque houve muito entusiasmo antes dela”, afirmou o tenista de 40 anos, lembrando a partida de Praga em 2017, em que ele e Nadal venceram os norte-americanos Jack Sock e Sam Querrey por 6/4, 1/6 e 10-5.

Já na reta final de sua carreira, o suíço se vê envolvido na Laver Cup quando parar de competir no circuito. “Eu adoraria ser o capitão um dia. Acho que é uma bela maneira de fazer os rivais coexistirem por uma semana juntos. É realmente divertido e legal dividir o vestiário com esses caras com quem você costuma encontrar, mas não fala sobre táticas”, falou Federer.

“Este evento é uma confraternização. Isso é o que eu queria que fosse. É sobre sabedoria e as histórias, fazer as lendas contarem suas histórias para a geração mais jovem. Estou feliz por estar nessas equipes, ouvir Bjorn (Borg), ver John (McEnroe), ver Rocket (Laver) e os jovens aprenderem com os mais velhos. É a sabedoria sendo transmitida”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva