Notícias | Dia a dia
Teichmann volta a surpreender e elimina Kerber
21/09/2021 às 18h39

Teichmann teve grandes campanhas no ano, como a final de Cincinnati e semi em Dubai

Foto: Divulgação

Ostrava (República Tcheca) - Em ótima temporada no circuito, a suíça Jil Teichmann conseguiu mais um bom resultado nesta terça-feira, em sua partida de estreia no WTA 500 de Ostrava. A jogadora de 24 anos e 42ª do ranking eliminou a alemã Angelique Kerber Angelique Kerber, 15ª colocada, com parciais de 6/2 e 6/3 em apenas 1h12 de partida.

Em 2021, Teichmann já disputou a semifinal em Dubai e foi vice-campeã em Cincinnati, dois torneios WTA 1000, e superou grandes jogadoras pelo caminho como Naomi Osaka, Belinda Bencic, Karolina Pliskova, Petra Kvitova e Elina Svitolina. Ela começou a temporada como 57ª do ranking e atingiu a 40ª posição logo após o US Open.

Depois de eliminar Kerber, cabeça 6 em Ostrava, a próxima adversária de Teichmann virá da partida entre a norte-americana Alison Riske e a francesa Fiona Ferro. No mesmo quadrante está Petra Kvitova, cabeça 2 do evento, que enfrenta a russa Anastasia Potapova, a partir das 13h (de Brasília) desta quarta-feira, pelas oitavas.

Rodada teve jogos longos, favoritas estreiam na quarta

Uma cabeça de chave que estreou bem no torneio foi Anastasia Pavlyuchenkova, quinta favorita e 13ª do ranking. A finalista de Roland Garros venceu a croata Ana Konjuh por 7/6 (7-3) e 6/1. Sua próxima adversária será a tcheca Tereza Martincova, que salvou um match-point e venceu uma batalha de 3h06 contra Katerina Siniakova por 5/7, 6/4 e 7/6 (9-7).

Em outro jogo longo da rodada, a cazaque Yulia Putintseva precisou de 3h27 para vencer a chinesa Shuai Zhang por 5/7, 7/6 (9-7) e 6/4. Putintseva desafia nas oitavas a polonesa Iga Swiatek, principal cabeça de chave do torneio e número 6 do mundo. O jogo acontece na manhã de quarta-feira.

Rybakina também avança com tranquilidade
Quem também avançou na competição foi Elena Rybakina, sétima cabeça de chave em Ostrava e número 16 do mundo. A cazaque se mostrou bem adaptada às condições, apesar de as quadras não estarem tão rápidas e conseguiu se impor jogando de forma agressiva. Ela marcou as parciais de 6/1 e 6/3 contra a russa Veronika Kudermetova, com direito a seis aces, 14 winners e 18 erros. Sua próxima rival é a suíça Magda Linette.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva