Notícias | Dia a dia
Para Bia, quebras no início dos sets foram decisivas
16/09/2021 às 19h13

Bia enfrenta a chinesa Xinyu Wang em busca de uma vaga na semifinal do torneio

Foto: Arquivo

Caldas da Rainha (Portugal) - Depois de vencer seu segundo jogo no ITF W60+H de Caldas da Rainha e garantir seu lugar nas quartas de final, Beatriz Haddad Maia avaliou que as quebras obtidas no início de cada set foram fundamentais na vitória por duplo 6/4 sobre a australiana Ellen Perez. Bia conseguiu sustentar a vantagem construída logo cedo no primeiro set. Já na parcial seguinte, ela chegou a permitir o empate no oitavo game, mas voltou a quebrar na sequência.

"Muito feliz com o trabalho que venho fazendo. Estou muito convicta nas minhas decisões durante o jogo, tanto sacando quanto devolvendo. A Perez é uma jogadora perigosa, canhota e que saca muito bem. Consegui quebrar no começo de cada set e isso me deixou muito mais à vontade nos meus games de serviço", disse Bia Haddad Maia, que marcou sua 12ª vitória consecutiva no circuito e a 58ª na temporada

"Eu sabia que teria que aproveitar essas oportunidades no saque dela, já que seria difícil criar outras. Fui muito competente e fico feliz com isso. Amanhã vai ser mais uma pedreira, mas sigo focada nas minhas coisas. Vai ser mais um dia duro de trabalho", acrescentou a número 1 do Brasil e 124ª do mundo.

Bia enfrenta nas quartas a chinesa de 19 anos Xinyu Wang, ex-número 2 juvenil e atual 130ª do mundo. Wang está atualmente com o melhor ranking da carreira, mas seu último torneio oficial do circuito havia sido em julho, quando ela disputou o WTA 250 de Praga, também no piso duro. Ela foi semifinalista na capital tchecsa, sendo superada por Barbora Krejcikova, atual campeã de Roland Garros. 

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva