Notícias | Dia a dia
Raducanu diz que noite após o título foi inesquecível
16/09/2021 às 09h47

Nova York (EUA) - Campeã do US Open com apenas 18 anos de idade, a britânica Emma Raducanu ainda está se adaptando a condição de campeã de Grand Slam. Junto com toda alegria e felicidade pela conquista em Nova York, a jovem tenista também começa a ter suas responsabilidades e compromissos fora das quadras, algo que por enquanto tem sido apenas festa para ela.

“Estou ótima, tudo o que aconteceu comigo nas últimas 72 horas foi muito divertido e emocionante. Tenho estado ocupada, mas não posso reclamar porque tive experiências incríveis em Nova York. Realmente ainda não assimilei tudo, mas de vez em quando me lembro que ganhei o US Open”, disse Raducanu aos risos em entrevista ao site da WTA.

A jovem britânica tenta ao mesmo tempo aproveitar o momento de êxtase pelo título com toda as novidades e obrigações de uma tenista de ponta. “Quando eu era mais jovem, nunca imaginei que essas oportunidades existissem fora das quadras. Na verdade, o Grand Slam era um sonho por si só”, contou Raducanu, que disparou no ranking e agora é a 23ª do mundo.

+ Raducanu, Osaka e Serena brilham no MET Gala
+ McEnroe se defende de fala polêmica sobre Raducanu
+ Campeã em NY, Raducanu salta 127 posições na WTA

“Todo o resto é um bônus. De qualquer forma, o que mais apreciei foram os momentos com minha equipe após a vitória. A noite após vencer o US Open foi a mais especial da minha vida, pois foi um momento agradável em que refletimos sobre as últimas três semanas e a viagem em geral”, complementou a tenista de 18 anos.

Raducanu também destacou a importância de seus pais em sua carreira. “Fui ensinada a ser muito crítica com minhas grandes expectativas. Acho que isso é bom, mas às vezes pode ser prejudicial porque quando se espera muito de si mesma você acaba buscando a perfeição e isso é impossível de se alcançar. De qualquer forma, esses padrões e a ética de trabalho que eles incutiram em mim com sua experiência me ajudaram a dar o máximo cada vez que saio para a quadra”.

Questionada sobre seus próximos passos no circuito, a britânica disse ainda não ter certeza e espera defini-los em breve. “Depois do US Open queria descansar uma semana para me desconectar completamente do tênis depois de um mês e meio muito intenso, porém gratificante. Meu próximo torneio deve ser Indian Wells, ainda não sei”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva