Notícias | Dia a dia
Halep: 'Jogadores estão mal informados sobre vacinas'
16/09/2021 às 08h43

Bucareste (Romênia) - A vacinação é uma questão que tem dividido o circuito, com alguns tenistas rechaçando a obrigatoriedade de imunização enquanto outros saem em sua defesa. O assunto ganhou maior espaço depois que o grego Stefanos Tsitsipas deu declarações firmes contra as vacinas e até falou que acha positivo que os jovens passem o vírus.

Ex-número 1 do mundo e dona de dois Grand Slam, a romena Simona Halep engrossou o coro daqueles que defendem a vacinação e se colocou ao lado de nomes como o da bielorrussa Victoria Azarenka e do italiano Matteo Berrettini, outros que tornaram público seu ponto de vista.

+ Azarenka defende vacinação obrigatória dos tenistas
+ 'Não me escondo e estou vacinado', diz Berrettini
+ Cash pede aos jovens tenistas que não se vacinem

“Respeito todas as opiniões, desde que não sejam baseadas em teorias da conspiração. Se você realmente tem conhecimento e fez sua pesquisa, podemos discutir. No entanto, sinto que muitos jogadores estão mal informados”, afirmou Halep em entrevista ao jornal francês L’Equipe.

No lado dos que são contra a vacinação ou pelo menos há questionam, além de Tsitsispas,  estão nomes como o do australiano Pat Cash, campeão de Wimbledon em 1987, e principalmente do sérvio Novak Djokovic, que defendeu o livre arbítrio e disse que cada um possa tomar sua própria decisão sobre a imunização.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva