Notícias | Dia a dia
Becker afirma nunca ter visto Djokovic tão perdido
14/09/2021 às 13h46

Nova York (EUA) - Nome de peso no tênis, o alemão Boris Becker, que já trabalhou com o sérvio Novak Djokovic por três anos, analisou a final do último domingo no US Open, vencida em sets diretos pelo russo Daniil Medvedev. O desempenho do número 1 do mundo no confronto surpreendeu o dono de seis títulos de Grand Slam.

“A partida foi demais para Djokovic, ele se mostrou mentalmente incapaz de controlar suas emoções”, afirmou o germânico para o Eurosport, lembrando que o tenista de Belgrado ficou bem perto de conseguir fazer história ao vencer os quatro Grand Slam em uma mesma temporada, algo que não acontece no masculino desde 1969 com Rod Laver.

“Ele queria fazer história e se tornar o jogador de maior sucesso de todos os tempos nos Grand Slam. Não queria se tornar um dos melhores, queria se tornar o melhor e teria sublinhado isso com uma vitória aqui hoje, mas nunca vi Novak tão perdido”, acrescentou Becker.

O alemão também enalteceu o grande desempenho de Medvedev, não apenas na decisão, mas no decorrer de todo o torneio. ‘Medvedev mereceu a vitória e merecia ganhar o torneio, foi o melhor jogador nessas duas semanas e perdeu apenas um set no total a caminho de seu primeiro Grand Slam”, comentou o ex-número 1 do mundo.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio