Notícias | Dia a dia
Mischa: 'Medvedev mostrou que Djokovic é humano'
14/09/2021 às 09h35

Nova York (EUA) - O lado humano do sérvio Novak Djokovic foi destacado pelo alemão Mischa Zverev em fala ao Eurosport, na qual analisou a final do US Open deste ano. Para o irmão mais velho de Alexander Zverev, a vitória do russo Daniil Medvedev nos mostrou que o número 1 do mundo não é uma máquina e tem seus sentimentos.

“No final das contas ele é humano. Acho que é a primeira vez que o vejo chorar em uma quadra de tênis. Não importa se ganha ou perde, ele geralmente é um homem de aço. Ele é tão focado que parece uma máquina, mas vimos que é humano. Não ganhou hoje, mas acho que conquistou o coração dos nova-iorquinos, com certeza”, comentou Mischa.

Para o alemão de 34 anos, que já foi 25 do mundo, mas atualmente ocupa apenas a 314º colocação no ranking da ATP, o desempenho de Medvedev na partida merece elogios, principalmente pela forma como se mostrou focado e obstinado a executar com perfeição seu plano de jogo.

“Medvedev realmente tentou desacelerar o jogo com o backhand e depois atacar como um escorpião com o forehand. Ele tinha um plano de jogo e se saiu muito, muito bem, estava tão concentrado e determinado que sua tática funcionou perfeitamente e Novak não sabia o que fazer”, observou o germânico.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio