Notícias | Top Spin
Raducanu, Osaka e Serena brilham no MET Gala
14/09/2021 às 08h30

Nova York (EUA) - A recém-coroada campeã do Aberto dos Estados Unidos, a britânica Emma Raducanu, conseguiu um convite de última hora para a edição 2021 do MET Gala, evento beneficente anualmente realizado no “Metropolitan Museum of Art” e que aconteceu na noite desta segunda-feira, um dia após o encerramento do US Open. Raducanu brilhou no maior palco do tênis e agora no famoso tapete vermelho da moda.

A jovem campeã preferiu uma aparência mais elegante e casual e posou para fotógrafos em um modelo em preto e branco da casa Chanel, que exibia seu físico tonificado, e botas pretas para finalizar o visual. Também chamaram a atenção as joias – brincos e cinto de pérolas – que a casa francesa deu a ela na véspera para o desfile.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Australian Open (@australianopen)

Anna Wintour, editora da revista Vogue, é uma lendária fã do tênis e Raducanu será vista na edição de outubro da Vogue britânica. Raducanu juntou-se a uma série de personalidades do esporte, incluindo os astros olímpicos Suni Lee e Allyson Felix e o campeão de F1 Lewis Hamilton, que comprou uma mesa no Gala e convidou estrelas negras do esporte. Wintour estava nas arquibancadas em Flushing Meadows no domingo para assistir o russo Daniil Medvedev derrotar Novak Djokovic.

Por causa da pandemia da Covid-19, o evento teve de ser adiado de maio para este mês, um dos eventos de moda envolvendo celebridades mais empolgantes do ano. Ele foi presidido, entre outras personalidades, pela japonesa Naomi Osaka, responsável pelo acendimento da pira olímpica nos Jogos de Tóquio, bicampeã do US Open e ex-líder do ranking mundial. Osaka estava incrível em um lindo modelo da Louis Vuitton combinado com sombra ruge e batom e um cabelo arrojado.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Australian Open (@australianopen)



O tema do evento deste ano foi “Independência Americana”. “Nós queremos que as pessoas se divirtam e curtam se vestirem para a festa”, afirmou a editora-chefe da Vogue e presidente honorária do evento Anna Wintour ao programa matutino de TV “Good Morning America”. E acrescentou: "Nós também queremos ver muita independência e individualidade. E um espírito diferente, algo que quebre um pouco as regras."

Serena Williams, de 39 anos, dona de 23 títulos de Grand Slam e que tem sua própria confecção de roupas, pisou no tapete vermelho usando um deslumbrante macacão de renda e uma capa de penas da Gucci. Serena chegou acompanhada do marido Alexis Ohanian.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Australian Open (@australianopen)




Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio