Notícias | Dia a dia
Mesmo com título, Medvedev está mais longe do nº 1
13/09/2021 às 08h32

Miami (EUA) - Embora tenha derrotado o sérvio Novak Djokovic na final do US Open no último domingo, conquistando seu primeiro título de Grand Slam, o russo Daniil Medvedev ficou mais longe da liderança do ranking. A diferença entre os dois saiu dos 1.133 pontos no último ranking para os atuais 1.353 na lista divulgada nesta segunda-feira,

Isso porque Medvedev defendia em Nova York 1.200 pontos do vice-campeonato de 2019, que estavam congelados até então, e acabou colocando apenas mais 800 pontos na conta com o título. Do outro lado, Djokovic havia parado nas oitavas de final nas duas últimas edições do torneio, defendia apenas 180 pontos e levou para casa 1.200 com o vice.

Se a distância para a liderança do ranking acabou aumentando mesmo com a conquista do US Open, a diferença para quem vem logo abaixo também ficou maior. Atual terceiro colocado na ATP, o grego Stefanos Tsitsipas estava antes 1.630 pontos atrás e agora tem 2.430 pontos de desvantagem.

Vice-campeão do ano passado, o alemão Alexander Zverev foi outro que se distanciou um pouco mais das duas primeiras colocações. Ele somava 8.240 pontos na lista antes do US Open e agora tem 7.760.

Medvedev assume vice-liderança na corrida para o Finals

O título em Nova York pode não ter feito Medvedev subir no ranking das 52 semanas, inclusive ficando mais longe da ponta, mas na corrida para o ATP Finals, que computa apenas os resultados do ano, o russo conseguiu evoluir. Ele subiu da terceira para a segunda colocação, deixando Tsitsipas para trás e ficando 1.990 pontos atrás de Djokovic.

Esta foi a única mudança em todo o top 8, os demais classificados para o Finals seguem os mesmos. Depois de Djokovic, Medvedev e Tsitsipas aparecem Zverev (4º), o russo Andrey Rublev (5º), o italiano Matteo Berrettini (6º), o espanhol Rafael Nadal (7º) e o norueguês Casper Ruud (8º). O nono colocado é o polonês Hubert Hurkacz, que vai ficando com vaga em Turim já que Nadal não competirá mais em 2021.

Semifinalista em Flushing Meadows, o canadense Felix Auger-Aliassime deu um salto de cinco colocações e agora é o décimo da temporada, entrando na briga por uma inédita vaga no Finals. Ele está apenas 185 pontos atrás de Hurkacz, que por enquanto é o último entre os classificados.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio