Notícias | Dia a dia
Frases: confira o que estão falando em NY
10/09/2021 às 20h18

"Uma surpresa. Honestamente, eu simplesmente não consigo acreditar. Um choque."
Emma Raducanu sobre se tornar a primeira qualifier (homem ou mulher) a chegar a uma final de Grand Slam.

"Ela joga sem medo."
Maria Sakkari sobre Raducanu, depois que a jovem de 18 anos a derrotou em dois sets nas semifinais.

“Meu pai me dizia o tempo todo que não há limite para o meu potencial, para o que posso fazer. Todos os dias, apenas temos que continuar trabalhando duro, que continuar lutando por isso. Nada é impossível. Não há limite para o que posso fazer.”
Leylah Fernandez

 “O tênis britânico tem alguém a quem seguir por mais 15 anos.”
Jamie Murray sobre a compatriota Emma Raducanu.

“Jogamos nosso melhor tênis nos grandes momentos, nos grandes torneios.”
Joe Salisbury, que com o parceiro Rajeev Ram, classificou-se para a final de duplas masculinas.



“Muita gente duvidou de mim, da minha família e dos meus sonhos. Eles ficavam dizendo 'Não,' que eu não seria uma jogadora profissional ... Lembro-me de uma professora ... me disse para parar de jogar tênis, você nunca vai conseguir, e me concentrar apenas na escola. Estou muito feliz que ela me disse isso, porque todos os dias tenho aquela frase na minha cabeça dizendo que vou continuar, vou avançar e vou provar a ela que tudo que tenho sonhado, vou conseguir. Mas isso é apenas a ponta do iceberg. Há muito mais coisas que tivemos que passar como uma família.”
Leylah Fernandez

“Sempre sonhei em jogar Grand Slam, mas não sabia quando eles viriam. Chegar tão cedo neste ponto da minha carreira - só estou em turnê há um mês, dois meses desde Wimbledon - é uma loucura para mim.”
Emma Raducanu

“Eu não diria que ela fez algo. Eu diria que me destruí.”
Aryna Sabalenka sobre sua atuação diante de Raducanu.

"Assim é a vida. Se você não aproveitar suas oportunidades, outra pessoa o fará.”
Sabalenka, segunda favorita, que foi eliminada por Leylah Fernandez, 7/6, 4/6 e 6/4.

“Sim, minha cabeça agora está prestes a ... Não sei o que vai acontecer.”
Sabalenka durante a coletiva de imprensa.

“Isso é o que chamamos de pressão. É por isso que estou um pouco decepcionada com esta partida porque, como disse, tive muitas oportunidades e não as aproveitei.
Sabalenka.

“Eu não fui eu mesma na quadra. Não consegui fazer muitas bolas. Eu dei a ela tantas chances. Nem mesmo, tipo, a pressionei com o meu jogo.”
Sakkari, eliminada por Emma Raducanu.

“Acho que lutei até o último ponto. É difícil voltar à partida quando nada está dando certo e tudo está indo muito bem para a adversário.”
Sakkari

"Estar na final significa muito, mas eu não gosto de ganhar um jogo assim. A Luísa (Stefani) é muito legal e eu não consigo nem ver a cena de novo. É muito duro. Sei que elas trabalharam tanto quanto a gente para estar nessa final e só desejo o melhor para ela. Como atleta, ver uma lesão assim é algo que parte o coração. E acho que todos devemos apoiá-la. Espero que no ano que vem ela esteja bem melhor."
Coco Gauff sobre a contusão de Luisa Stefani na semifinal de duplas.

“Não posso acreditar que foi há tanto tempo que ganhei as duplas aqui com Lisa Raymond. Eu era muito jovem, tinha 21 anos ou algo assim, e tudo era incrível. E agora ainda estar aqui, tendo outra chance com Shuai, é simplesmente incrível. Tive uma ótima carreira e estar em outra final de Grand Slam em Nova York é muito, muito emocionante.”
Sam Stosur, campeã em 2005 ao lado de Lisa Raymond.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG