Notícias | Dia a dia | US Open
Final feminina será a mais jovem no US Open desde 1999
10/09/2021 às 10h55

Nova York (EUA) - Com as vitórias da canadense Leylah Fernandez e da britânica Emma Raducanu nas semifinais da última quinta-feira, a decisão do título do US Open deste ano será a mais jovem desde 1999, quando a norte-americana Serena Williams enfrentou a suíça Martina Hings na disputa do título.

As duas finalistas de 2021 têm somadas apenas 37 anos, 19 de Fernandez e 18 de Raducanu. Na decisão de 22 anos atrás, a somatória das idades era ainda menor, ficando em somente 35. Naquele confronto, Serena tinha só 17 anos Hingis 18.

Outro feito que as duas jovens tenistas conseguiram alcançar é de fazer a primeira decisão de US Open desde a Era Aberta sem uma cabeça de chave em quadra. Fernandez entrou no torneio ocupando a modesta 73ª colocação no ranking, enquanto Raducanu não figurava sequer no top 100, estava na 150ª posição e teve que superar o qualificatório para jogar a chave principal.

Com esta grande campanha em Nova York, ambas darão em grande salto na WTA. A canadense já se colocou no top 30, será a 28ª do mundo com o vice e alcançará o top 20 se for campeã, indo ao 19º posto. Do outro lado, a britânica vai subindo provisoriamente para o 32º lugar e será a 23ª caso conquiste o título.

Comentários