Notícias | Dia a dia | US Open
Fernandez brilha de novo e chega à final do US Open
09/09/2021 às 22h41

Fernandez eliminou Osaka, Kerber, Svitolina e Sabalenka no caminho até a final

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - Cada vez mais confortável e confiante nos grandes palcos do tênis mundial, Leylah Fernandez voltou a brilhar no Arthur Ashe Stadium. Algoz das campeãs Naomi Osaka e Angelique Kerber e também da top 5 Elina Svitolina, a canadense de 19 anos e apenas 73ª do ranking também derrubou a número 2 do mundo Aryna Sabalenka para chegar à final do US Open. Fernandez marcou as parciais de 7/6 (7-3), 4/6 e 6/4 em 2h20 de partida.

Fernandez é a segunda canadense a disputar a final do US Open e tenta repetir o feito de Bianca Andreescu, campeã em 2019, quando também tinha só 19 anos. Sua adversária no próximo sábado pode ser a ainda mais jovem Emma Raducanu, de 18 anos e 150ª do ranking, ou a grega Maria Sakkari, 18ª do ranking aos 26 anos. A canadense jamais enfrentou Raducanu pelo circuito profissional e perdeu o único jogo que fez contra Sakkari no circuito.

A impressionante campanha em Nova York faz com que Fernandez dê um salto no ranking. Por ter chegado à semi, ela já iria superar seu recorde pessoal, o 66º lugar, e entrar no top 40. A final já a coloca entre as 30 melhores do mundo e o título poderia levá-la ao top 20. A canadense tem apenas um título de WTA, conquistado no primeiro semestre deste ano em Monterrey. Ela também marcou a quarta vitória contra top 10 na carreira, sendo a terceira no torneio.

Sabalenka deixa escapar mais uma oportunidade de conquistar seu primeiro Grand Slam. Vice-líder do ranking mundial, atrás apenas da australiana Ashleigh Barty, a bielorrussa de 23 anos já havia sido semifinalista em Wimbledon na atual temporada. Ela já tem dez títulos no circuito da WTA, dois deles este ano, no piso duro de Abu Dhabi e no saibro de Madri.

Início arrasador para Sabalenka no jogo
Sabalenka teve um início de partida arrasador, com muito volume de jogo nos três primeiros games. Reconhecida por seu jogo agressivo e com muito peso de bola, a bielorrussa dominava todos os pontos e não dava chances à canadense, que tentava apenas chegar em cada bola e tentar sobreviver na disputa dos pontos. A número 2 do mundo abriu 3/0 e chegou a liderar o placar por 4/1. Fernandez, então, fez um excelente game de saque e ganhou confiança. Na sequência, aproveitou um game com poucos primeiros serviços em quadra de Sabalenka para devolver a quebra. A bielorrussa cometeu uma dupla falta no break-point.

Na reta final do set, Fernandez já se mostrava capaz de equilibrar as ações do fundo de quadra com Sabalenka, sendo agressiva em alguns momentos, ou colocando uma bola a mais em quadra em outros. Sabalenka chegou a ter um set-point quando vencia por 6/5, mas encurtou o braço quando poderia fechar o set. A definição ficou para o tiebreak, que começou dois ótimos pontos da bielorrussa. Mas depois disso, a número 2 do mundo errou demais. Após a virada de lado com empate por 3-3, Sabalenka errou um smash, fez uma dupla falta e jogou uma devolução no pé da rede. Durante o primeiro set, Sabalenka fez 21 a 9 em winners, mas cometeu 18 erros contra 6.

Segundo set com altos e baixos
O segundo set novamente começou com quebra acima para a bielorrussa, que abriu 2/0. Mas quando teria a chance de colocar pressão sobre sua jovem adversária e estabelecer uma diferença confortável no placar, voltou a cometer erros que permitiram à canadense devolver a quebra e empatar por 2/2. À essa altura, Fernandez já parecia até mais solta no jogo, pronta para utilizar mais variações de golpes, com destaque para um excelente drop-shot. Mas quando o placar estava empatado por 4/4, a jovem tenista baixou a intensidade e permitiu a Sabalenka dominar a reta final do set e empatar a partida.

Jogo terminou duas duplas faltas de Sabalenka
O set decisivo começou com domínio das sacadoras até que Fernandez conseguisse quebrar o saque de Sabalenka para fazer 4/2. A bielorrussa devolveu a quebra e buscou o empate no oitavo game. O momento que poderia ser de muita pressão para a jovem canadense não a abalou em nenhum momento. A tenista de 19 anos sacou muito bem e fez 5/4. Na sequência, Sabalenka cometeu duas duplas faltas seguidas e permitiu à canadense definir a partida em seu primeiro match-point. Sabalenka chegou a liderar a contagem de winners por 45 a 26, mas cometeu 52 erros contra apenas 23 da canadense. 

Comentários