Notícias | Dia a dia | US Open
Zverev vence a 16ª seguida e volta à semi em NY
08/09/2021 às 17h10

Zverev chegou a salvar um set-point durante a primeira parcial e só perdeu um set no torneio

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - Em excelente fase no circuito desde os Jogos Olímpicos de Tóquio, Alexander Zverev marcou sua 16ª vitória consecutiva e garantiu vaga na semifinal do US Open. O número 4 do mundo superou nesta quarta-feira o sul-africano Lloyd Harris, 46º do ranking, por 7/6 (8-6), 6/4 e 6/4 em 2h05 de partida. Além da recente conquista da medalha de ouro olímpica, o alemão de 24 anos também venceu o Masters 1000 de Cincinnati.

Esta será a quarta semifinal de Grand Slam na carreira de Zverev, sendo a segunda consecutiva em Nova York. No ano passado, o alemão foi além e ficou com o vice-campeonato, sendo superado por Dominic Thiem na final. Seu próximo adversário virá do confronto entre o número 1 do mundo Novak Djokovic e o oitavo colocado Matteo Berrettini. Ele tem três vitórias em nove jogos contra Djokovic e lidera o histórico contra Berrettini por 3 a 1.

Zverev perdeu apenas um set durante o US Open. Isso aconteceu na terceira rodada diante do norte-americano Jack Sock. Ao longo do torneio, também venceu por 3 a 0 o anfitrião Sam Querrey, o espanhol Albert Ramos, e o jovem italiano de 20 anos Jannik Sinner antes da partida desta quarta-feira em Nova York.

Por sua vez, Harris encerra sua melhor participação em Grand Slam. O sul-africano de 24 anos jamais havia passado da terceira rodada em competições deste porte e da segunda rodada no US Open. Ele vive a melhor fase da carreira, tendo superado três jogadores do top 10 na temporada, Dominic Thiem em Dubai, Rafael Nadal em Washington e Denis Shapovalov em Nova York. Pela campanha ficará muito perto do top 30 da ATP.

Zverev salvou set-point na primeira parcial
Apesar do favoritismo, Zverev correu alguns riscos durante o set inicial. O alemão não aproveitou seus três primeiros break-points e teve o serviço quebrado na única chance de Harris em todo o primeiro set. O sul-africano liderou por 5/3, mas não aproveitou a oportunidade de sacar para fechar, cometendo três erros e uma dupla falta. Ele também teve um set-point durante o tiebreak, quando vencia por 6-5, mas terminou o set errando três forehands seguidos.

O segundo set foi bem mais seguro para Zverev, que aproveitou sua única chance de quebra e não enfrentou break-points e disparou cinco aces. O alemão cedeu apenas oito pontos em seus games de saque, sendo somente um quando encaixou o primeiro serviço em quadra. Apesar disso, ele sinalizava um incômodo na região lombar. No início do terceiro set, o número 4 do mundo conseguiu duas novas quebras e abriu 4/0 no placar. Harris reduziu a diferença para 4/3 e ganhou confiança, mas Zverev sacou muito bem no oitavo game, escapando da pressão do adversário com uma sequência de aces. A vitória seria confirmada dois games mais tarde.

Comentários