Notícias | Dia a dia | US Open
Sabalenka faz semi e garante campeã inédita de Slam
07/09/2021 às 21h45

Vice-líder do ranking, Sabalenka alcança sua segunda semifinal seguida em Slam

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - A incômoda barreira que Aryna Sabalenka tinha em fases decisivas de Grand Slam vai sendo aos poucos superada ao longo da temporada. Depois de ter alcançado uma semifinal de Wimbledon, a número 2 do mundo repetiu a dose no US Open e segue sonhando com o maior título da carreira. Sabalenka venceu nesta terça-feira a tcheca Barbora Krejcikova, nona do ranking e atual campeã de Roland Garros, por 6/1 e 6/4 em 1h25 de partida.

A vitória de Sabalenka já garante uma nova campeã de Grand Slam. A bielorrussa enfrenta na semifinal da próxima quinta-feira a surpreendente canadense de 19 anos Leylah Fernandez, 76ª do ranking. Do outro lado da chave, um confronto das quartas tem Belinda Bencic e Emma Raducanu, enquanto o outro terá Karolina Pliskova diante de Maria Sakkari.

Aos 23 anos, Sabalenka faz apenas sua quarta participação no US Open. Até então, sua melhor campanha havia sido até as oitavas em 2018. Já Krejcikova,, de 25 anos, atuou na chave principal do Slam nova-iorquino pela primeira vez na carreira. A tcheca construiu uma carreira sólida nas duplas, antes de se firmar em simples. Ela só entrou no top 100 da WTA em outubro do ano passado e teve rápida evolução no ranking ao longo da temporada.

Sabalenka dominou o 1º set e abriu vantagem cedo no 2º
O jogo começou com Krejcikova sendo bastante ameaçada no saque. A tcheca, que teve algumas dificuldades para respirar no fim do jogo contra Garbiñe Muguruza nas oitavas, parecia bem abaixo de suas melhores condições e permitiu a Sabalenka abrir grande vantagem. A bielorrussa fez 12 a 7 em winners na parcial e cometeu 15 erros, um a mais que sua adversária, além de ter conseguido três quebras.

Na abertura do segundo set, Sabalenka conseguiu mais uma quebra de serviço e já abriu 2/0. Aos poucos, Krejcikova já apresentava melhor desempenho no saque, mas não conseguia ameaçar o serviço da bielorrussa, que confirmou a vitória em sets diretos. Sabalenka fez 21 a 14 em winners e cometeu 23 erros contra 29 de Krejcikova no circuito. 

Comentários