Notícias | Dia a dia | US Open
Harris faz seu melhor Grand Slam e desafia Zverev
06/09/2021 às 19h30

Lloyd Harris tenta acabar com série invicta de 15 jogos de Zverev

Foto: Peter Staples/USTA

Nova York (EUA) - A temporada de franca evolução de Lloyd Harris no circuito foi premiada com a melhor campanha do tenista sul-africano em um Grand Slam. O jogador de 24 anos e 46º do ranking garantiu seu lugar nas quartas de final do US Open, depois de ter vencido nesta segunda-feira o norte-americano Reilly Opelka, 24º do mundo, por 6/7 (6-8), 6/4, 6/1 e 6/3.

O resultado serviu como uma revanche para Harris, que havia perdido para Opelka no Masters 1000 de Toronto, há três semanas. Ele agora desafia o alemão Alexander Zverev, número 4 do mundo e invicto há 15 jogos no circuito. Zverev venceu os dois duelos anteriores com Harris, o primeiro em Colônia no ano passado e o segundo na campanha para o título do Masters 1000 de Cincinnati.

Harris está com o melhor ranking da carreira e certamente irá superar essa marca com os 360 pontos conquistados em Nova York. Ele está ficando muito perto do top 30 da ATP e pode se colocar entre os 25 melhores jogadores do mundo com mais uma vitória no torneio. Este ano, já derrotou três nomes do top 10, Dominic Thiem em Dubai, Rafael Nadal em Washington e Denis Shapovalov na terceira rodada do US Open.

"Acho que fiz um primeiro set muito bom, devolvendo bem o saque. Mas ele fez um excelente tiebreak", disse Harris em sua entrevista na quadra. "Ao longo da partida, eu saquei muito bem. E apesar de aquele primeiro set não ter ido para o meu lado, eu estava confiante".

"Tive que manter a cabeça erguida, porque sabia que eu também estava jogando bem e pelo menos consegui me virar. Tentei colocar o máximo de devoluções possíveis na quadra, o que não é fácil contra um grande sacador como ele, mas consegui mudar minha posição para devolver o saque e acho que valeu a pena", acrescentou o sul-africano, que também eliminou Karen Khachanov e Ernesto Escobedo nas fases iniciais.

Comentários