Notícias | Dia a dia | US Open
Zverev joga muito e derruba Sinner em sets diretos
06/09/2021 às 15h55

Nova York (EUA) - Principal obstáculo no caminho do sérvio Novak Djokovic na parte de cima da chave do US Open, o alemão Alexander Zverev deu mais um sinal de força nesta segunda-feira, quando teve pela frente o jovem italiano Jannik Sinner e conseguiu conquistar uma importante vitória em sets diretos, com parciais de 6/4, 6/4 e 7/6 (9-7), depois de 2h28 de jogo.

Vice-campeão no ano passado, o germânico vai às quartas de final em Nova York pela segunda vez e agora espera pelo vencedor do duelo entre o tenista da casa Reilly Opelka e o sul-africano Lloyd Harris. Ele nunca enfrentou o norte-americano pelo circuito e bateu o sul-africano nas duas vezes que se cruzaram, nas quartas de Colônia em 2020 e na segunda rodada de Cincinnati em 2021.

Zverev chegou a sua 15ª vitória consecutiva e não perde desde a queda nas oitavas de final em Wimbledon. Depois disso, o alemão conquistou o título do Masters 1000 de Cincinnati e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde bateu Djokovic na semifinal, podendo rever o sérvio justamente também na semi em Nova York.

Os três sets do duelo com Sinner foram todos bastante parelhos, mas o bom momento de Zverev o ajudou a levar a melhor nos pontos importantes. Ele conseguiu aproveitar três dos 11 break-points que teve a seu favor (27%) e salvou seis dos sete que encarou. Com 38 erros não forçados para cada lado, o alemão anotou apenas sete winners a mais do que o adversário (37 a 30).

Equilíbrio também no aproveitamento de saque, com ambos terminando o jogo com 73% dos pontos disputados com a primeira bola. A diferença ficou para o desempenho com o segundo serviço, em que Zverev foi um pouco superior, vencendo 59% das bolas contra 50% de Sinner.

No primeiro set, o germânico perdeu um break-point no terceiro game, salvou dois no quarto e no quinto obteve a quebra decisiva. Ele ainda teve um set-point quando Sinner sacava em 3/5, mas só fechou no seu serviço. A segunda parcial foi definida nos dois games finais, com Zverev anotando quebra no nono, após perder quatro break-points, e salvando duas chances de quebra no 10º.

O número 4 do mundo obteve um break no começo do terceiro set e logo de cara abriu 3/1, indicando que fecharia o jogo em sets diretos. Ele até conseguiu este feito, mas teve trabalho para isso. Sinner devolveu o break no oitavo, perdeu dois set-points no 12º e a definição foi para um nervoso desempate, no qual o italiano chegou a ter 4-1 e mais três set-points, um deles com o saque. Só que Zverev se salvou e fechou no primeiro match-point.

Comentários