Notícias | Dia a dia | US Open
Descontente, Muguruza critica atitude de Krejcikova
06/09/2021 às 09h20

Nova York (EUA) - Derrotada nas oitavas de final do US Open após três grandes vitórias sobre Donna Vekic, Andrea Petkovic e Victoria Azarenka, a espanhola Garbiñe Muguruza saiu de quadra descontente não apenas com o resultado final do duelo com a tcheca Barbora Krejcikova, mas também com o comportamento da adversária.

“Não quero falar sobre isso, vou deixar que todos vocês julguem por si mesmos. Nós jogadores sabemos como devemos nos comportar em determinados momentos e eu estava não muito feliz no final do jogo, foi basicamente o que aconteceu e falei para ela. São coisas acontecem entre colegas”, disse Muguruza, criticando o atendimento médico pedido pela tcheca no fim do segundo set.

A espanhola interpretou que Krejcikova interrompeu sua reação no segundo set com um atendimento médico e a ida aos vestiários, onde ficou oito minutos, com o placar de 6/5 a seu favor. Deixou claro seu descontentamento junto à rede no fim do jogo: "Isso não é profissional".

O próprio desempenho também foi criticado por Muguruza. “Definitivamente não foi o meu melhor jogo. Não comecei bem no primeiro set, no segundo acho que me encontrei um pouco mais, principalmente no final, mas talvez um pouco tarde. Enfrentei uma adversária muito confiante que jogou bem”, analisou.

“Meus golpes não causaram danos suficientes e eu também não saquei bem. Foi uma combinação de tudo isso que me fez não mostrar meu melhor tênis”, complementou a atual número 10 do mundo, que nesta temporada não conseguiu passar das oitavas nos Grand Slam, campanha que conseguiu agora no US Open e também no Australian Open.

Comentários